Beleza

Acessório desejo: a história por trás do sucesso dos tênis

Como e por que tornaram-se um dos objetos mais desejados?
Reading time 5 minutes

 

Para todos! Indistintamente: homens, mulheres, crianças, adolescentes, idosos.

Todos tem (pelo menos) um par de tênis no seu armário de sapatos.

Se eles são o modelo de edição limitada mais recente, se são os tênis mais comuns e simples... Não importa. Ele é o acessório mais democrático que existe.

É claro que nesse quesito não se leva em consideração os mais especiais, como por exemplo o modelo recente Yeezy da Adidas e Kanye West.

Mas, fora estes lançamentos "super especiais", a verdade é que é um dos mais (senão o mais) acessível objeto-desejo para qualquer pessoa.   
 

Mas então vamos falar de história. Quando o tênis nasceu, exatamente? Como evoluiu com o passar do tempo em termos de moda? Você já parou para pensar nisso? 

A história é clara. Os antigos gregos já usavam calçados específicos para fazer seus famosos jogos olímpicos, mas foi apenas no século XIX que o primeiro sapato profissional para ginástica foi idealizado e produzido. Foi neste momento que a sola de borracha colada à parte superior de tecido surgia.

Um pouco mais tarde, Charles Goodyear, atraído por tudo aquilo, passou a desenvolver o processamento de borracha e, assim, começou a produção de tênis em massa.

Os primeiros a entender a versatilidade do sapato foram os tenistas, depois os atletas em geral e finalmente os atletas olímpicos. Foi nesta época que os tênis se tornaram o calçado esportivo por excelência.

Mas o seu "momento auge" veio mesmo em 1919, quando o primeiro modelo especializado para o basquete foi lançado no mercado.

O sucesso do All Star foi sem precedentes, especialmente quado o jogador Chuck Taylor passou adotá-los como seu sapato preferido para o esporte e ninguém menos que James Dean passou a usá-los fora de campo passando a ser copiado por diversos homens. Foi então que eles se tornaram um fenômeno de consumo de massa.

1542574397145786 tenisjamesdean
James Dean usando o tênis All Star. Foto: Reprodução Pinterest.

 

 

O fato é que o tempo passou e o acessório deixou de ser útil apenas para o mundo esportivo. Atualmente, inclusive, estão muito além deste universo e devemos isso a ninguém menos que Giorgio Armani. Foi o estilista que apostou na sua incorporação aos mais diversos trajes, inclusive os mais formais, sendo pioneiro em algo que se tornou extremamente comum.  

Precursor de uma maneira mais comum de se vestir, Giorgio acreditava que os tênis poderiam continuar sendo utilizados para o esporte, mas também complementar qualquer look mais sério de modo a deixá-lo mais "cool". Ele tinha toda razão, não é mesmo?

Ao lado, Giorgio Armani usando All Star Converse branco. Foto: reprodução Instagram @olhaisso

Mas bem, voltando ao assunto do consumo de massa, certamente esta tendência começou a se espalhar através do esporte e mais especificamente nos Estados Unidos, dada a inegável atenção do país ao assunto. Não à toa em 1978 a Nike introduziu uma de suas invenções mais engenhosas que perdura até hoje, o sistema Air.

Já mais tarde, em 2005,  foi vez da Adidas desenvolver o primeiro tênis inteligente (de verdade), tecnologia em constante evolução e revolução até hoje e que certamente continuará evoluindo e se desenvolvendo por muito tempo.

Chegamos então à conclusão do porquê de ser este acessório tão importante para o mundo da moda e estilo bem como para os consumidores em si. Eles são um clássico único, útil, atemporal e que ao mesmo tempo podem ser sempre reinventados apresentado-se em versões muito diferentes de estação para estação. Ainda assim, o principal é que mantém sempre as suas características fundamentais de conforto, saúde e estilo para qualquer momento. 

1542573637372158 tenis4
A Princesa Meghan Markle e o Príncipe Harry com modelos de duas das marcas mais cobiçadas do momento, Vert e Adidas, respectivamente. Foto: Reprodução Instagram @royaladdicted

Tags

moda

posts relacionados

posts recomendados