Beleza

Kylie Jenner está sendo processada por plágio; entenda

A empresária da beleza é acusada de ter copiado a paleta de sombras de outra marca de cosméticos.
Reading time 2 minutes

A poucos passos de se tornar a mais jovem bilionária dos Estados Unidos, Kylie Jenner enfrenta mais um processo em nome da sua valiosa empresa, a Kylie Cosmetics. Depois de ser acusada pela comunidade americana de deficiência visual por não incluir um software de acessibilidade em seu e-commerce de beleza, agora o assunto é plágio.

 

A marca Sheree Cosmetics está movendo uma ação judicial afirmando que a Kylie Cosmetics copiou totalmente a sua paleta de sombras Born to Sparkle para criar a coleção de mesmo nome - mas com o diferencial de serem sombras líquidas. As cores de ambas coleções são idênticas!

 

A fundadora da marca, Tiffany Herrmann, disse que suas sombras foram criadas em setembro de 2017 e começaram a ser vendidas em outubro do mesmo ano. Até que Kylie, já em 2018, lançou suas sombras líquidas com o mesmo nome e tons muito semelhantes aos da Sheree.

 

 

Apesar do fato de a paleta Born to Sparkle (da Sheree Cosmetics) ter sido lançada em 2017, o órgão regulador de marcas e patentes dos Estados Unidos anunciou que só tem documentos da marca a partir de 30 de agosto de 2018, ou seja, algumas semanas após o lançamento da Kylie. 

 

A Kylie Cosmetics ainda não se pronunciou sobre o assunto.

 

posts relacionados

posts recomendados