Beleza

Nasce uma estrela

Filha de Johnny Depp e Vanessa Paradis, a atriz Lily-Rose Depp está em três novos filmes e estrela a campanha do perfume Chanel No.5 L’Eau

Aos 17 anos, Lily-Rose Depp pertence a uma geração de celebridades multitasking (ela é modelo, atriz, influenciadora), capazes de transformar as redes sociais em uma poderosa ferramenta de marketing e autopromoção. Talvez por ter nascido em Paris e carregar consigo aquele ar de discrição francês, faz isso sem escancarar demais sua vida pessoal. Uma missão difícil, considerando o fato de ser filha de quem é (o ator americano Johnny Depp e a atriz francesa Vanessa Paradis).

"Digamos que eu sou outra pessoa na vida real. Esse é o caso de todos, não é?", afirma. "Eu quero manter a minha vida para mim. Fora que sou caseira! Não saio muito. Essa é a verdade." Ainda assim – ou exatamente por isso –, Lily se tornou um fenômeno do Instagram, caiu nas graças da turma do cinema, da moda (Karl Lagerfeld inclusive) e despontou em campanhas como a do perfume Chanel N° 5 L'Eau, uma versão renovada do icônico frasco lançado pela maison em 1921. "Eu já estava nas mídias sociais há muito tempo, mas agora minhas postagens são mais sobre o trabalho", conta Lily-Rose.

Em seu perfil, que tem mais de 2,2 milhões de seguidores, ela costuma publicar cliques em viagens (alguns), ao lado de amigos (poucos) e looks (muitos). Chanel, claro. Além de vestir peças da grife em suas aparições no red carpet, no front row dos desfiles e em capas de revistas, ela estrela campanhas de beleza e da linha de óculos da maison. Assim, segue os passos da mãe, Vanessa, que entrou para o clã do estilista Karl Lagerfeld na década de 1990.

Lily-Rose Depp
Lily-Rose Depp

Faz sentido a label ter escolhido a jovem como rosto da reedição do Chanel N° 5. Trata-se de uma questão comparativa. Uma versão mais fresca da fragrância pede uma garota-propaganda, idem. Famoso pela essência marcante e forte, o perfume ganhou uma espécie de "irmão mais jovem", fresh e fun, com notas de limão siciliano, tangerina, néroli e rosa de maio.

"Nunca pensei que teria uma relação com o N° 5. Para ser honesta, é tudo muito surreal para mim", diz Lily-Rose. De certa forma, ela traduz, assim, um dos anseios da maison, o de rejuvenescer sua clientela e mostrar que ele pode, sim, ser parte da rotina com leveza.  "O N° 5 é perfeito para mim porque é acolhedor", conta.

Além de protagonizar a campanha impressa, Lily-Rose estrela um curta de divulgação da fragrância, em que aparece cantando. Seria um aviso de que ela vai continuar seguindo os passos da mãe arriscando-se nos palcos? Nada disso. "Eu não tenho nenhum desejo de ser cantora na vida real, mas é legal 'fingir' que canto", afirma. "Ok, minha mãe é cantora, mas não é porque você me viu por cinco segundos com um microfone que isso significa algo". 

000009t.jpg
Lily-Rose Depp
“QUERO MANTER A MINHA VIDA PARA MIM. SOU MUITO DISCRETA"
000010t.jpg
Lily-Rose Depp
Lily-Rose Depp

Ela quer mesmo investir na carreira de atriz – e afirma que não há pressão nenhuma dos pais para isso. Estreou no cinema no início do ano, quando o filme "Yoga Hosers", um terror cômico dirigido por Kevin Smith foi exibido no Festival de Sundance (Johnny Depp também está no elenco).

Agora,  participa de outros dois longas: um americano, "Planetarium", que se passa na década de 30 e conta a história de duas irmãs com poderes sobrenaturais – Lily-Rose e Natalie Portman, que a escolheu para o papel; e um francês, "La Danseuse", biografia da performer Loie Fuller em que interpreta a lendária bailarina Isadora Duncan.

A produção estreou na última edição do Festival de Cannes, em julho. " Adorei os roteiros quando li e a conexão que senti com os papéis", conta atriz. "Estou trilhando meu caminho lentamente. Nada cai do céu, não importa o que as pessoas possam pensar." 

posts relacionados

posts recomendados