Beleza

Nude para todas

por Natália Guadagnucci
13.01.2017
Conheça 4 marcas que entenderam o significado de nude.

Do lápis de cor à lingerie, durante muito tempo, "cor da pele" foi sinônimo de bege, que só realmente se assemelhava à pele de pessoas brancas. Agora, o cenário começa a mudar, com marcas que têm entendido que "nude" é um conceito amplo e que pode ter dezenas de variações para contemplar todos os tons de pele. 

Conheça a seguir 4 empresas que estão promovendo a diversidade com suas peças: 

Nudz

A exemplo de grande parte das marcas, a Nudz nasceu pela falta de opções de sutiãs marrons no mercado. A fundadora Sheila Donaldson lembra que "o que é nude para uma mulher não é para a outra", e isso a motivou a criar lingeries em 10 tons diferentes, nomeadas a partir de celebridades – de Scarlett (Johansson) à Alek Wek

nudz.jpg

Christian Louboutin

Christian Louboutin lançou sua primeira linha de sapatilhas nude em 2013, a 'Solasofia'. São 7 tons diferentes, do bege bem claro ao marrom escuro. Em breve, a marca promete expandir a cartela de cores também para os saltos. 

LOUBOUTIN_NUDE_00002_150-DEF2-CMJN-2.jpg

Naja

A Naja foi criada por Catalina Girald com a ajuda da atriz Gina Rodriguez. A marca conta com uma coleção de lingeries chamada "Nude for All" [nude para todas], com sete cores de calcinhas e sutiãs básicos. 

gallery-1464027737-037-wallscape-bedfordweb-najaco.jpg

Kahmune

A Kahmune também nasceu a partir da falta de opções disponíveis no mercado. Para fugir do bege de sempre, Jamela Acheampong decidiu criar sua própria marca de sapatos em vários tons de nude. Os modelos estarão disponíveis para pré-venda em fevereiro. 

image.jpg

compartilhar

posts relacionados

posts recomendados