Cultura

Escândalos e acusações ameaçam o Globo de Ouro

Pela primeira vez, o Globo de Ouro de 2022 não será televisionado
Reading time 3 minutes
Margot Robbie na 78ª edição do Globo de Ouro - Foto: Divulgação

Um dos maiores escândalos está assolando o Globo de Ouro, considerado o segundo prêmio mais importante de Hollywood, perdendo apenas para o Oscar

A NBC acaba de anunciar não vai transmitir o evento em 2022 por conta de acusações contra a Hollywood Foreign Press Association, a assosiação que organiza o Globo de Ouro. Essas acusações alegam falta de representatividade no comitê e práticas financeiras questionáveis. 

“Continuamos a acreditar que o HFPA está comprometida com uma reforma significativa. No entanto, uma mudança dessa magnitude exige tempo e trabalho, e acreditamos fortemente que o HFPA precisa de tempo para fazê-lo da maneira certa. Como tal, a NBC não irá transmitir o Globo de Ouro de 2022. Supondo que a organização execute seu plano, temos esperança de estar em posição de transmitir o programa em janeiro de 2023. " disse a NBC em comunicado. 

 

 

A HFPA foi criticada no início deste ano por conta de uma matéria publicada pelo "Los Angeles Times" que revelou que nenhum de seus 87 membros é negro, algo impensável no cenário político e social atual. O grupo anunciou um plano para adicionar mais membros diversos, no entanto, a NBC estava "preocupada" com o fato de não haver um cronograma para mostrar essas mudanças de fato e optou por não transmitir o evento. Há também outras acusações de compra de voto em troca de presentes e viagens. 

Mas não é apenas a emissora e atores e atrizes começaram campanhas de boicote ao Globo de Ouro: Tom Cruise, que devolveu os três prêmios; Scarlett Johanssen e Mark Ruffalo também incentivaram seus colegas a se afastarem, enquanto a Netflix, a Amazon e a WarnerMedia também boicotaram a associação até que mudanças sejam de fato implementadas.

 

 

Tags

tapete-vermelho
globo-de-ouro

posts relacionados

posts recomendados