Cultura

Think Pink: O Oscar 2019 foi cor de rosa - e de todas as cores

"Todos podemos vestir rosa!"
Reading time 3 minutes
Foto: Getty Images.

Ao subirem ao palco para falar sobre mais uma das categorias de uma das noites mais importantes para a arte do cinema internacional,  antes de anunciarem o vencedor, Helen Mirren e Jason Mamoa fizeram questão de considerar: "Tudo o que queremos é chegar a este ponto, em que uma inglesa madura e um hawaiano muito mais jovem podem estar vestindo a mesma cor. Juramos que não combinamos sobre o que vestiríamos hoje a noite, e viram só? Estamos os dois de rosa! Não é o máximo?" 

Sim, é o máximo! Jason vestia um termo de veludo rosa claro e Helen um Schiaparelli de um tom mais aberto e a sua fala foi apenas mais uma das tantas outras com o tom politizado que tomou conta da cerimônia este ano. 

 

 

1551061633374234 oscarrosa10
Helen Mirren e Jason Mamoa vestem rosa no Oscar 2019. Foto: Getty Images.

Falou-se e refletiu-se sobre cor (de roupa e de pele); gênero; preconceitos; oportunidades e outros mais assuntos dentro do mesmo contexto. Novamente o máximo e mais do que fundamental, certo?

Aliás, o Oscar 2019 de "Melhor Figurino" e "Melhor Direção de Arte" foram para... Pantera Negra! E isso significa que tanto a figurinista Ruth Carter quanto Hannah Bleecher, diretora de arte, se tornaram as primeiras afrodescendentes a vencerem o prêmio das categorias.

Algum tempo depois destes importantes anúncios, foi vez de premiar com o Oscar o "Melhor Ator" em papel principal e quem merecidamente levou a estatueta para casa foi Remi Malek por sua interpretação de Freddie Mercury em  "Bohemian Rhapsody".  

Em seu discurso de agradecimento, Rami fez questão de abordar a questão da imigração, pontuando: "Assim como Mercury, eu sou filho de imigrantes. Sou filho de egípios que vieram para os Estados Unidos e faço parte da primeira geração que nasceu na América, mas de uma família que, como tantas outras, precisou conquistar seu espaço. Só posso agradecer pelo que está acontecendo comigo hoje e pelo espaço que me deram para poder chegar até aqui." 

 

1551144307859120 juliapink
Julia Roberts a caminho do anúncio de que "Green Book" e sua história a respeito da segregação racial levaria a estatueta do OSCAR 2019 de "Melhor Filme do Ano".

Para coroar a verdadeira homenagem à diversidade que foi a cerimônia, "Green Book" levou o Oscar 2019 de o "Melhor Filme do Ano" com a sua história a respeito de uma grande amizade que nasce entre um homem branco e um homem negro quando a segregação racial era algo garantido por lei nos Estados Unidos dos anos 1960. 

A escolhida para anunciar o grande prêmio da noite? Julia Roberts. Que cor ela vestia? Rosa. E a respeito da escolha, sua stylist Elizabeth Stewart contou nas redes sociais: "Estou feliz por trabalhar com Julia e assim podermos fazer parte deste sonho rosa [que foi o Oscar]. Uma cor que representa o amor, a felicidade e a esperança." 

Que festa... Viva a arte! Viva o cinema! A cor, as cores e a diversidade!

1551146411746801 juliamaravilhosa
Julia Roberts de Elie Saab. Foto: Getty Images.
1551061857031792 oscarrosa6
Gemma Chan de Valentino. Foto: Getty Images.
1551061870210174 oscarrosa5
Linda Cardellini. Foto: Getty images.
1551061886749860 oscarrosa4
Angela Basset de Reem Acra. Foto: Getty images.
1551061900785242 oscarrosa11
Emilia Clarke de Balmain. Foto: Getty images.
1551061917192593 oscarrosa9
Helen Mirren de Schiaparelli. Foto: Getty images.
1551061927502591 oscarrosa8
Maya Rudolph de Giambattista Valli. Foto: Getty images.
1551061946322825 oscarrosa7
Spacey Kacey de Giambattista Valli. Foto: Getty images.
O Oscar 2019 foi uma homenagem ao amor e à esperança!

posts relacionados

posts recomendados