Cultura

Top Lucas Cristino faz ponte entre a moda e a arte

Brasileiro radicado em Nova York conta detalhes do seu trabalho como artista.
Reading time 2 minutes

O mineiro radicado em Nova Iorque Lucas Cristino é um dos rostos brasileiros que tem se destacado na moda internacional dos últimos 3 anos, desfilando para marcas como Versace, Louis Vuitton e DNKY. Quando começou a carreira de modelo não esperava reconhecimento internacional e rapidamente se viu inserido em um novo universo que o direcionou a diversos caminhos criativos.

Lucas conta que as suas experiências como modelo permitiram entrar  em contato com mentes que vibravam  de forma parecida e o estimularam a abraçar suas tendências artísticas. A maior influência do seu processo criativo  é o ambiente que o cerca, cada esquina pulsante da cidade e os sentimentos que essas interações provocam. “ Eu estava com amigos em um apartamento no Brooklyn há quase 3 anos, nunca tinha pensando em produzir arte, até que eles me ofereceram papel e giz de cera. Lembro que rejeitei a ideia de primeira mas depois me questionei, porque não?A curiosidade de saber o que mais eu poderia criar me levou a começar a pintar e me interessar mais pela arte.” conta.

Sua escolha da paleta de cores é indiretamente influenciada pela herança brasileira e seu trabalho flerta com as obras de Gustav Klimt, Matisse, Picasso, Auguste Renoir e conceitos do movimento modernista. Suas pinturas tem uma complexidade que fala exatamente de sua identidade como professional e personagem de um microuniverso.

O fotógrafo Pedro Pedreira produziu imagens delicadas do artista  e suas criações em seu apartamento, que precedem o planejamento de uma nova exposição em Nova iorque. A direção de arte ficou por conta do Breno Votto. 

posts relacionados

posts recomendados