Fashion Week

Balmain e a nostalgia dos anos 2000

Um tributo à adolescência de Olivier Rousteing
Reading time 2 minutes

Muitos anos se passaram desde que um garoto da província, o diretor criativo da Balmain, Olivier Rousteing, dançava enquanto ouvia Destiny's Child, Britney e Christina Aguileira. Para o desfile de primavera-verão 2020, ele leva essas lembranças em forma de looks sensuais com decotes largos, jaquetas jeans cortadas e longos vestidos de trapézio em seda e maxijoias.

 

Os casacos oversized com destaque aos ombros, a marca registrada da maison, é combinado com calças justas que se abrem na parte inferior com uma boca mais larga. As referências também variam da década de 1980 com macacões de cintura alta à la Grace Jones, feitos em seda preta e laranja ou listras preto e branco, acompanhados de jaquetas de smoking grandes. As camisas, novamente com ombreiras em volume, são acompanhadas por calças de cinco bolsos com bolsos de cigarro e uma perna cortada com efeito corporal. Uma parte muito importante é dedicada às geometrias, para vestidos nos quais grandes círculos são inseridos nas roupas como decoração, destacando os decotes. As estampassão óticas e reproduzem graficamente a silhueta: das mais clássicas combinações, branca e preta, até amarela e preta, azul e verde.

 

Abaixo você confere a coleção completa:

 

/

Tags

posts relacionados

posts recomendados