Fashion Week

Entre incertezas e mudanças na programação, saiba o que esperar da Paris Fashion Week

Todos os detalhes sobre os novos formatos da mais importante semana de moda do mundo
Reading time 4 minutes
(Foto: Reprodução/Instagram @eliesaabworld)

A temporada de semanas de moda Primavera/Verão 2021 está trazendo uma série de mudanças em sua formatação. Começando por Nova York, seguindo por Londres e Milão, e finalizando em Paris, esse realmente foi um mês atípico.

 

A Paris Fashion Week, a mais antiga e importante delas, está passando por uma fase de incertezas. O evento, que acontece de 28 de setembro a 6 de outubro, sofre mudanças de última hora que mostram sua nova estrutura na qual uma nova programação indica qual casa opta por show físico ou apresentação digital. Entenda a seguir:

Apenas 18 casas apresentarão seu desfile de forma física

No calendário dessa edição podemos encontrar 84 marcas, mas apenas 18 delas terão desfile presencial, um número muito baixo se comparado às centenas de desfiles dos anos anteriores. 

No programa? O lendário show Chanel deve ser mantido, assim como o da Louis Vuitton, Christian Dior, Balmain, Chloé e o tão esperado show Coperni no topo da torre Montparnasse. Outras marcas como  Hermès, Isabel Marant, Ami, Victoria/Tomas, Chloé, e Yohji Yamamoto também estão organizando seus desfiles de forma ao vivo.

A pressão é ainda maior para essas marcas que terão que redobrar a engenhosidade para conquistar o coração do público, principalmente porque é possível que alguns desfiles tenham que ser reduzidos para manter as medidas de segurança.

 

1600879821002653 1583350348874181 07 look 007
Chanel (Foto: Divulgação)

Algumas das grandes marcas não irão apresentar desfiles ao vivo

Diversas marcas famosas no calendário da fashion week como Givenchy, Elie Saab, Miu Miu, Balenciaga e Maison Margiela não estarão apresentando suas coleções como desfile ao vivo, o que pode ser um verdadeiro choque para os fãs da indústria.

Quantos convidados?

Além disso, a questão dos convidados permanece sem resposta, o que pode trazer ainda grandes reviravoltas para essa temporada.

 

Se grandes marcas como Chanel, em épocas normais, podem ter até mesmo 2000 convidados assistindo à seus desfiles, outras marcas podem ter uma média natural de até 500 pessoas. Entretanto, nessa temporada acredita-se que mesmo empresas acostumadas a grandes desfiles terão suas médias reduzidas a 100 ou 200 pessoas.

1600879833114957 rochas
(Foto: Reprodução/Instagram @rochas)

Outros formatos 

Além dos desfiles, 20 outras grifes optaram por apresentar sua coleção para compradores e jornalistas, que em alguns casos poderão se encontrar com o diretor artístico, mas sem desfilar. O resultado disso pode ser um pouco decepcionante para quem deseja acompanhar toda a emoção por trás de toda a ansiedade das passarelas.

Formato digital

Além dos formatos físicos, 45 marcas estão elaborando formas de expor suas coleções pelo meio digital. Se marcas como Burberry ou Jacquemus neste verão comunicaram bem sua plataforma de distribuição, outras deixam seu público na plataforma. 

 

Formatos digitais já foram testados em outras fashion weeks desde o início da pandemia, como a de Moscou e a de Londres, mostrando as diversas formas em que é possível criar eventos fashionistas e até mesmo mais democráticos e de fácil acesso para o público. Mas ainda assim, será que a capital francesa conseguirá encantar com tantas restrições? Isso é uma resposta que descobriremos em algumas semanas.

1600879853014364 paris fashion week fall winter 2020 285205 1583442467359 image.700x0c
Givenchy (Foto: Divulgação)
1600879866985103 1583354332862128 39 look 039
Chanel (Foto: Divulgação)
1600879870724309 1583350348859362 09 look 009
Chanel (Foto: Divulgação)

Tags

posts relacionados

posts recomendados