Fashion Week

Stella McCartney protesta contra o uso de pele animal na Semana de Moda de Paris

Uma passarela de outono inusitada marcou a passagem da designer pela PFW
Reading time 1 minutes

Stella McCartney, estilista britânica e ativista da causa animal, usou uma maneira divertida para promover o não uso de pele animal na moda e a proteção ambiental. Para seu desfile de outono/inverno 2020, ela colocou pessoas fantasiadas de animais segurando as bolsas ecologicamente corretas da marca. ''Somos a única casa de moda de luxo do mundo que não mata animais na passarela. Eu queria dizer isso, mas de uma maneira alegre.’' afirmou Stella nos backstages. 


A designer aumentou a quantidade de um material vegano que imita o couro animal e é cortado a laser para peças com silhuetas incomuns - mas que enfatizam a facilidade -  e detalhes espetaculares, como estampas inspiradas em água viva em colaboração com os trabalhos de Erté, ilustrador de moda do começo do século XX. Bolsas de ombro, micro-bags geométricas e uma bolsa Hobo, extremamente grande marcaram a passarela.


''Fizemos o possível para reduzir nosso impacto ambiental para o show do inverno 2020 e plantaremos árvores representando todos os nossos convidados para garantir que eles façam parte da solução.'' contou Stella. A lista de convidados incluiu Shailene Woodley, Janelle Monae, Naomie Ackie, Isabelle Huppert, Catriona Balfe, Tina Kunakey, Sheila Hicks e Marie-Agnès Gillot.

Stella McCartney - Outono/Inverno 2020 - PFW
Stella McCartney - Outono/Inverno 2020 - PFW

Tags

stella-mccartney

posts relacionados

posts recomendados