Hommes

Mike Tyson diz que morderia orelha de novo e queria matar Holyfield em luta

O boxeador com 54 anos irá participar de uma luta de exibição no dia 28 de novembro
Reading time 3 minutes

Mike Tyson afirmou recentemente que gostaria de ter matado o rival Evander Holyfield na inesquecível  luta de 1997 onde foi desclassificado depois de arrancar um pedaço da orelha do de Evander com os dentes. 

O boxeador com 54 anos irá participar de uma luta de exibição no dia 28 de novembro contra Roy Jones Jr, 51 anos, em Los Angeles e em uma entrevista de divulgação revelou o que sentiu na luta de 1997.

“Eu mordi porque queria matá-lo. Eu estava maluco com os socos na minha cabeça e tudo mais. Eu realmente perdi o foco da luta. Ele me tirou da minha estratégia”, disse Tyson. 

O lutador de peso pesado também expôs seu sentimento na ocasião: “‘Olha só, por bem ou por mal, não vou deixar ninguém tirar a minha glória. Vou encarar com tudo que posso’. E foi o que eu fiz. Assumo a minha responsabilidade por isso. Foi a minha glória e assumi a minha responsabilidade”.

Durante o bate papo, o lutador também revelou que espera nunca mais morder alguém durante uma luta, mas que não pode afirmar que jamais voltará a ter a atitude. Eu espero que não. Eu digo, ‘não, nunca vou fazer isso outra vez’, mas pode ser que eu faça. Se ele voltar a fazer o que ele fez para levar a mordida, eu morderia outra vez, sim”.

Holyfield e Tyson protagonizaram dois dos combates mais lendários de boxe nos anos 90, ambos vencidos por Holyfield. No primeiro, em 1996, a vitória foi por nocaute no 11º round; No segundo, em 1997, Tyson foi desclassificado após a mordida na orelha. 

Tags

pop
celebridades

posts relacionados

posts recomendados