Hommes

O luxo das decisões sustentáveis e ecologicamente corretas da Selfridges

A tradicional loja de Londres anunciou que irá banir a venda de peças feitas com couro de animais.
Reading time 2 minutes

Um dos maiores templos do consumo do mundo, a tradicional loja de departamentos Selfridges, em Londres, anunciou que irá parar com a comercialização de produtos concebidos através de couro de animais exóticos, como por exemplo:  jacarés, cobrar e crocodilos. A princípio, a mudança ainda não irá banir produtos feitos com matéria-prima bovina.

Desde 2005 a Selfridges vem caminhando por ter ações sustentáveis e defender projetos ecologicamente corretos. Há quase duas décadas baniu totalmente a venda de casacos de pele, na sequencia foram as garrafas de plásticos que foram proibidas e começaram a fabricar suas sacolas, facilmente reconhecidas pelo amarelo tradicional, com papel reciclado.  

A loja inglesa, segue os passos de importantes e luxuosas marcas do mundo da moda que já haviam sinalizado por esses transformações. É o casa de Vivienne Westwood, Diane von Furstenberg, Versace e outras. A mais recente a aderir esse movimento foi a Chanel.

A Selfridges ao anunciar ao mundo sua decisão, aproveitou para declarar que enxerga que o luxo do futuro é definido pela habilidade de fabricação e inovações de matéria-prima.

posts relacionados

posts recomendados