Hommes

Sam Heughan fala sobre o bullying que enfrenta há anos

"Estou perplexo, chateado, magoado e preciso falar''
Reading time 3 minutes

O ator Sam Heughan, da série Outlander da Netflix, postou uma longa mensagem no Twitter falando sobre o constante bullying que vem sofrendo nos últimos seis anos: "Estou perplexo, chateado, magoado e preciso falar. Isso está afetando minha vida, meu estado mental e é uma preocupação diária. Além de mim, meus colegas, amigos e família estamos sendo associados  a insultos pessoais, abuso e ameaças de morte devido ao compartilhamento de informações falsas”.

Heughan deu detalhes ao explicar e mencionou certos rumores e histórias que o atormentaram ao longo dos anos: "Recentemente, essas falsas alegações variam entre eu manipular os fãs, ser homossexual não assumido, tentar enganar e extorquir dinheiro dos meus seguidores e desrespeitar os conselhos de prevenção ao coronavírus. Eu não fiz nada disso!’’

Aos 39 anos o ator diz que a última série de críticas que vem recebendo tem a ver com sua decisão de permanecer no Havaí durante a quarentena. Ele diz que viajou para o estado, sem saber a gravidade da situação e, depois de conversar com pessoas em quem confia, decidiu que sua opção mais segura era ficar: "Seguindo o conselho de todos em quem confio, decidi permanecer em um ambiente seguro", escreveu ele. "Foi uma boa decisão. Estou seguro, isolado, não estou colocando ninguém em risco e não sou um fardo para os locais. "

Por fim, ele terminou o desabafo pedindo para que as pessoas que não gostam dele deixem de segui-lo, explicou o que vem fazendo para ajudar na guerra contra o coronavírus e agradeceu aos fãs que o apoiam sempre. "Estou tão magoado com isso. Tentei usar o poder que tenho para dar voz a instituições de caridade que precisam e, espero, dar um pouco de entretenimento ou alívio. Para quem ainda está infeliz, sugiro que deixe de me seguir" 

Tags

artista
tv
netflix
series
bullying

posts relacionados

posts recomendados