Joias

Brilho eterno! Dividida em três temas, Armani apresenta coleção de joias

Peças elegantes trazem a proposta de complemento ao prêt-à-porter da maison
Reading time 3 minutes
Foto: Melanie + Ramon

“Sempre é uma boa hora para apresentar uma novidade”, disse Giorgio Armani durante a press conference antes do seu desfile de pre-fall 2020, em Milão. O assunto? Não era sobre suas peças de alfaiataria impecáveis ou sobre um novo acessório, como a bolsa La Prima, mas se tratava de algo inédito para a marca, após seus mais de 40 anos de história. Dessa vez, a sua filha mais nova é a linha de joias da Giorgio Armani, que serve como uma espécie de complemento para o que é visto na passarela – diferentemente da coleção de alta joalheria, que é lançada em Paris pela Armani Privé.

“A alta joalheria, feita com pedras preciosas de acordo com um meticu- loso processo artesanal, é uma evolução natural do meu amor por acessórios. Acho a ideia de joalheria como algo destinado a durar ao longo do tempo e a maneira pela qual ela pode representar uma mulher, revelando algo sobre ela, verdadeiramente fascinante”, diz o estilista, que, desde a década de 1970, tem mostrado toda sua paixão por gemas, quando ele começou a criar objetos sofisticados, às vezes excêntricos, com pedras duras e pasta de vidro, geralmente inseridas em molduras de acabamento de seda ou metais ultraleves.

1597294667347458 img47
Brincos com estrela, lua crescente e franjas da linha Firmamento (Foto: Divulgação)

Hoje, as apostas do senhor Armani estão em três temas que representam o seu DNA elegante e com modernidade discreta. Sem peso e exageros. Para começar, as criações batizadas de Sì trazem uma referência vinda da fragrância de mesmo nome – e que tem a atriz aus- traliana Cate Blanchett como rosto. A inspiração principal para o desenvolvimento das peças surgiu das notas florais, que transformaram as pedras de ônix preto em pétalas, que juntas formam flores, com diamantes brilhantes e diamante preto no centro. O resultado é uma composição de brincos arquitetônicos, pulseiras, anéis e colares leves e sofisticados, que seguem a proposta de uso além dos visuais noturnos – repare que há uma tendência forte de levar joias para o dia a dia, e, sim, essa família se encaixa muito bem na proposta. Já a série Borgonuovo (o nome remete ao endereço da sede da grife em Milão) mostra variações do logo em composições que trazem pedras semipreciosas, em tons pastel, ou pavê de diamantes em estrutura de ouro, que não é rosa nem amarelo. Para essa linha, Armani desenvolveu uma própria tonalidade, que dá ainda mais um toque de exclusividade. A última, mas não menos importante, se chama Firmamento. A unidade entre os itens delicados feitos de ouro branco é o uso de pingentes em formato de estrelas e luas crescentes, que brincam com a ideia de céu noturno, um tema recorrente nas coleções de prêt-à-porter da Giorgio Armani. A luz dos diamantes, em opções pavê e lapidação brilhante, parece ainda mais rica com o movimento de franjas em algumas das peças.

1597294579130123 img43
Pulseira da família Borgonuovo (Foto: Divulgação)
1597294794395727 img39
Logo como protagonista de anel (Foto: Divulgação)

Definitivamente, esses lançamentos são uma adição e tanto ao universo da label. “É uma representação elevada do meu estilo, fiel aos princípios de linearidade, elegância e discrição, que são cruciais para mim. Eu acredito plenamente que você pode adicionar um toque de brilho na medida certa”, fala o senhor Armani. Quem há de duvidar?

1597294857021059 img51
Anel de flor feito com ouro branco da coleção Sì (Foto: Divulgação)

Tags

joias
armani

posts relacionados

posts recomendados