Moda

Glorinha Paranaguá, ícone das bolsas de bambu, morre aos 89 anos

A carioca exportou a moda brasileira para o mundo
Reading time 2 minutes

O mundo da moda brasileira perde um ícone. Glorinha Paranaguá faleceu nesta terça-feira, 20.08, no Rio de Janeiro, aos 89 anos. Famosa pela criação e exportação das bolsas de bambu com qualidade impecável, a designer deixa um legado eterno.


 
No início dos anos 90, Glorinha Paranaguá abriu a loja da sua marca homônima em Ipanema, no Rio, e foi um sucesso imediato. Suas criações eram referência em uma brasilidade sofisticada, usando o bambu como matéria prima para colocar o Brasil no mapa da moda internacional. Sua experiência em morar em países como Argentina, Suécia e Espanha a fizeram conviver com nomes icônicos do século XX como Evita Perón, Cecil Beaton e Marc Bohan.
 

Gabriel Paranaguá, neto da designer, informou sobre a morte da avó nas redes sociais: "Quem me conhece bem sabe o quanto ela foi importante na minha vida toda, uma das maiores referências que tenho. Mulher forte e de coração imenso, maior que os quatro filhos, nove netos e dois bisnetos. Uma verdadeira leoa. Vai com Deus, vó! Te amamos muito, pra sempre", escreveu.


 
A estilista carioca, que completaria 90 anos na sexta-feira, 23, estava internada no hospital desde sábado e teve uma parada cardíaca. O enterro está previsto para quarta-feira, 21, em Botafogo. 
 

1566335334183116 47585315 2234489720156143 9153571790651696078 n1566335334346081 47292036 1844689498975445 6726704170526238064 n
1566335334356553 46695815 514638782376346 1133400529705202640 n1566335334368402 46111278 555328018262001 181356778420227069 n
(Fotos: Reprodução/Instagram @glorinhaparanagua)

 

 

 

posts relacionados

posts recomendados