Moda

Tête-à-tête: Kel Ferey revela detalhes exclusivos do seu desfile na casa de criadores

Fique por dentro do desfile destaque da última edição da casa de criadores
Reading time 5 minutes

Destaque da última edição da Casa de Criadores, batemos um papo com a estilista Key Ferey que revelou com exclusividade detalhes da sua última coleção. Intitulada ''Falésias", a inspiração desta coleção se deu por meio das problemáticas atuais, ambientais e culturais do presente momento, que estão ocorrendo durante o epicentro da pandemia mundial que vivemos agora.

O governo brasileiro ao deixar de ser centro das mídias e assim pouco visto seus feitos e cobranças dos cidadãos, está se aproveitando atrás das cortinas da pandemia (COVID19), para alterar leis, incisos e clausulas que prejudicam índios e todo o meio ambiente. A fauna e flora com desmatamento, o desflorestamento, a exploração de minérios (Brumadinho), e o genocídio indígena, tal como invasão de tribos isoladas doutrinando assim os nativos, tudo isso gera uma enorme perda de identidade cultural.

Partindo desse problemática, iniciamos um bate-papo e revelamos tudo o que rolou nos bastidores. Confira!

1606743619722052 kel ferey 121606743619708504 kel ferey 8
Foto: Divulgação

L'Officiel: Pantindo do seu tema, qual é a importância da preservação da Amazônia e as tradições culturais indígenas brasileiras? De que forma isso se reflete na sociedade?

Kel Ferey: A Amazônia é vida, cultura e a biodiversidade é humana. Manter esse bioma de pé é assegurar o equilíbrio do planeta. O território da Amazônia é berçário das nossas origens como seres humanos, é o lar de milhares de espécies e fonte da nossa cultura ancestral indígena. Negar quem somos, de onde viemos e o que fizemos é vergonhoso. O resultado desse tipo de comportamento agressivo e irresponsável são as mortes, guerra, exterminío cultural, desmatamento, extinção da biodiversidade, preconceito e exclusão social.

L'Officiel: Agora falando um pouco mais do seu processo criativo, como ele se desenvolveu depois da escolha do tema?

Ker Ferey: Após a definição do tema iniciei o moodboard com insights dos rituais, costumes e estilo de vida em meio a natureza que foram o ponto de partida no meu processo de criação. Por fim, a escolha da matéria prima ecológica, profissionais e parceiros com a mesma ideologia para que meu trabalho pudesse ser genuíno.

1606745240107253 kel ferey 11
Foto: Divulgação

L'Officiel: Com certeza o sucesso desse desfile foi devido a genuidade que seu trabalho traz. Fale um pouco mais sobre essas matérias-prima...

Key Ferey: A escolha dos tecidos foi crucial pois, como citado anteriormente, tinha que fazer sentido no trabalho como um todo: ser de produção ecológica, algodão orgânico, eco-sustentável e sem tingimento. A seleção dos bordados de crochê e das franjas foi feita com bastante crivo, todas as bordadeiras são baianas locais e com alguns costumes pataxós milenares. O tecido é leve, fino e não destrói o meio ambiente.  Também tinha como objetivo buscar por matérias primas de origem, natural e cultural, por exemplo: a junta, a palha da Costa, as sementes de pau Brasil de área de manejo. 

1606749102933850 lookbook kelferey 681606749102934616 lookbook kelferey 112
1606749557917387 lookbook kelferey 1101606749619679332 novaa
Foto: Divulgação
Para fazer 4 flores desse bordado é necessário pelo menos 24 horas de trabalho handmade. Tem mais de um ano que venho desenvolvendo e aprendendo com essa coleção. 

L'Officiel: Kel, sabemos da suas passagens pelas semanas de moda de Milão e no Fashion Meeting. Qual papel você acredita que seja o seu como mulher afro-indígena na moda?

Kel Ferey: Incentivar as demais mulheres como eu a sonhar, trabalhar e conquistar o que elas quiserem. Eu posso, eu mereço, eu consigo e aqui é o meu lugar!

L'Officiel: Para finalizar, de que forma a marca se posiciona como antiracista no mercado?

Key Ferey: Todos da minha equipe, da costureira aos modelos tem 80% de raízes negras e indígenas. Gosto de deixar bem claro: nosso povo, nosso país é indígena, todos nós temos origens indígenas e negras. Nossa base histórica cultural são os indígenas e negros, eu sou a resistência e persistência de que cor não é defeito e sim orgulho. É sobre empoderamento pois todos somos capazes, cor e gênero definitivamente não influemciam na capacidade!

1606752310968107 kf desfile rikkooliveira 1 original1606752311030087 kf desfile rikkooliveira 1 2 original
1606752311128631 kf desfile rikkooliveira 2 original1606752311168576 kf desfile rikkooliveira 5 original
Foto: Divulgação
1606752182093468 kf desfile rikkooliveira 15 original1606752182129310 kf desfile rikkooliveira 17 original
1606752182146815 kf desfile rikkooliveira 18 original1606752182281274 kf desfile rikkooliveira 20 original
Foto: Divulgação
1606752446461105 kf desfile rikkooliveira 8 original1606752446535829 kf desfile rikkooliveira 9 original
1606752446517837 kf desfile rikkooliveira 10 original1606752446562390 kf desfile rikkooliveira 13 original
Foto: Divulgação
1606752209377621 kf desfile rikkooliveira 22 original1606752209305294 kf desfile rikkooliveira 25 original
1606752209573732 kf desfile rikkooliveira 26 original1606753219941392 kf desfile rikkooliveira 27 original
Foto: Divulgação

Assessoria de Imprensa: Saulo Dellano

Tags

moda
moda-sustentavel
casa-de-criadores
moda-autoral

posts relacionados

posts recomendados