Moda

Brechó em São Paulo aposta em Upcycling para dar uma nova cara às peças

A B.Luxo está usando a técnica para criar visuais interessantes para suas consumidoras mais jovens
Reading time 4 minutes
Paula Reboredo em frente à nova butique do B.Luxo, em São Paulo. Foto: Gil França

Muito se discute sobre o futuro do consumismo em massa, as mudanças climáticas e como a moda pode fazer sua parte em um mundo em chamas (muitas vezes literalmente). O reúso e a revenda de peças é uma dessas estratégias lançadas aos ventos como menina dos olhos da indústria, ganhando até roupagem descolada e nome bonitinho – upcycling. Transformar peças de brechó de décadas passadas é o novo preto, com várias marcas utilizando tecidos e peças que antes seriam estocadas, jogadas no lixo ou queimadas para criar novas coleções.

 

Com novo endereço, novo espaço e novos ares, Paula Reboredo e Gil França decidiram finalmente se arriscar no mundo das coleções próprias. O estalo veio após uma temporada de três anos em Londres, onde, além de garimpar e participar de feiras especializadas em vintage, Paula fez alguns cursos de costura na Central Saint Martins. 

1581622147382392 img52
Para construir esta camisa, gola e mangas de Laise foram aplicadas em uma blusa de veludo molhado. Foto: Gil França

A nova casa do B.Luxo em São Paulo também incorpora o Showroom Vintages – o segundo espaço especializado em roupas masculinas dos anos 1940 e 50 – e a nova linha de roupas próprias, que chega à sua segunda coleção. Não é a primeira vez que o casal se arrisca na criação de roupas: já assinaram uma cápsula em parceria com a concept store francesa Surface to Air, em 2010. Mas agora a etiqueta B.Luxo existe com força total. 

 

A diferença dessa marca para outras que fazem upcycling é que o casal tem um olhar afiado para acabamentos, construções e estruturas de itens de outrora. As roupas vintage são sua vida desde 2007 - e transformá-las para ganhar o coração de uma consumidora mais jovem é sua mais nova missão.  

 

“Apesar de antes também estarmos numa loja de rua, era preciso descer uma escadinha embaixo do restaurante para encontrar o brechó. No novo endereço, muitos curiosos entram, mas alguns ainda não entendem a preciosidade – e o preço – de uma peça vintage”, conta Reboredo. “Eu quis criar essa coleção para que consumissem o B.Luxo de outra forma.” 

1581622662342578 img7
O vestido de cetim longo recebeu flores pintadas à mão. Foto: Gil França

“Entrei no curso pensando em pegar roupas vintage e transformar de alguma forma. Quem gosta de vintage já compra e é nosso cliente, mas algumas pessoas têm dificuldade de ver essas peças como algo além de roupa de senhora. E nós queremos conquistá-las”, completa. 

 

As peças são únicas e, como é próprio do upcycling, tem grade de tamanhos limitada. “Nós sempre pegamos peças de vários tamanhos para atender a demanda, mas nenhuma nunca será igual à outra, pois ainda estamos falando de peças de brechó.”

 

A segunda coleção criada pelo casal se foca nos blazers com aplicações de correntes, badulaques e franjas de couro. Há também vestidos reformados que recebem pedrarias e aviamentos, enquanto outros foram transformados em peças completamente diferentes - como o longo que virou uma gola volumosa nas mãos de Paula. 

1581622674235539 img9
Alguns blazers vintage ganham aplicações de corrente. Foto: Gil França

Vestidos e jaquetas de couro com pinturas a mão, camisas com mangas vitorianas, acessórios com carinha vintage, como camafeus com colar de camurça, bolsas e sapatos com plumas e foguinhos completam o mix, tudo garimpado em Londres. 

 

É interessante perceber como o estilo do casal se mistura nas peças. “O Gil gosta muito de coisas dos anos 1990 e eu gosto muito de peças vitorianas e os volumes dos anos 1980. É uma junção dos dois que, no final, fica linda. O importante é realizar algo que a gente goste também, ou não faz sentido nenhum”, completa Paula. Escondido no meio de tantas araras e peças antigas, talvez esse seja o segredo de seu sucesso.

1581622694545382 img11
O look é acinturado com cinto criado com tecido de tapeçaria antigo. Foto: Gil França

Styling: André Puertas

Beleza: Mari Kato com assistência de Carlaxane

Tags

posts relacionados

posts recomendados