Moda

Visão de futuro: conheça a coleção Summer View, da Amaro

Com um modelo de negócios inovador, a marca de moda feminina AMARO apresenta um crescimento espetacular com peças que acompanham as tendências e têm preços acessíveis. Um time de mulheres criativas e estilosas apresenta, a seguir, a linha da grife.
Reading time 6 minutes

O futuro da moda já começou. Marcas em cadeia de produção verticalizada, vendendo diretamente para clientes, estão em uma impressionante expansão. Lá fora, redes gigantes de fast fashion pautam hoje o fluxo de lançamentos de coleções, despertando o desejo do consumidor. 

No Brasil, a AMARO, marca de moda feminina, é um dos exemplos de empresa com esse perfil, criada dentro de um conceito digital que prioriza o e-commerce e aposta nas vendas omni-channel (convergência de vários canais de venda, on e offline), mantendo a produção criativa e logística 100% interna. “Investimos muito no nosso estúdio de criação e no desenvolvimento de produto, além do nosso próprio ateliê de pilotagem”, diz Dominique Oliver Schweingruber, fundador da marca. “Por outro lado, cuidamos de expertises técnicas com programadores e analistas bem preparados.”

Dominique chegou ao Brasil em 2012 e, um ano depois, já estava entregando pedidos em boa parte do país. Diferentemente das tradicionais companhias de varejo, por meio do comércio online, ele diminuiu os custos da operação, gerando produtos mais acessíveis e conseguindo lançá-los muito mais rapidamente do que a concorrência. "Com a internet, todo mundo tem acesso à informação de moda, e a oferta precisa se adaptar a essa demanda”, diz. 

Nascido em Zurique, na Suíça, o empresário trabalhava no mercado financeiro em Nova York quando teve a ideia de investir em um e-commerce no Brasil. Lá, cuidava justamente da reestruração de empresas de moda que apresentavam ineficiências voltadas ainda ao formato tradicional de vendas. 

O ponto de venda também está alinhado à sua proposta visionária. Em São Paulo, foram inaugurados nove endereços, sendo um deles na Rua Oscar Freire, nos Jardins. Além da capital paulista, a AMARO tem duas lojas no Rio de Janeiro e, em breve, abrirá uma no Shopping Pátio Batel, em Curitiba. Nas lojas, a cliente escolhe as peças e as recebe em casa em poucas horas.

É claro que construir uma estratégia de marca no Brasil apresenta desafios. Entre eles, Dominique destaca o de contratar pessoas jovens e preparadas. Por isso, concentra esforços extras na formação de uma equipe antenada, com referências internacionais e um olhar globalizado da moda. Hoje, são mais de 300 funcionários.

“Com a internet, todo mundo tem acesso à informação de moda, E a oferta precisa se adaptar a essa demanda”.

O empresário também costuma trabalhar e fazer parcerias com profissionais que se destacam nas áreas criativas por seu estilo e personalidade. São mulheres que ele considera ter uma forte ligação com a marca. Entre elas está Verena Smit, artista, fotógrafa e designer, que vem se destacando no circuito artsy por seu trabalho com poesias datilografadas cheias de perspicácia e ironia. 

Para a AMARO, ela fez intervenções nas fotos da campanha do Dia dos Namorados. "Acho que o consumo por e-commerce é maravilhoso no sentido da praticidade. Você pode tanto​ visualizar como determinada​ peça pode ser usada, quanto encontrar algo específico com muito mais facilidade, filtrando sua busca até achar exatamente aquilo de que precisa", diz ela.​

Outro nome ligado à marca é a modelo e DJ Jessica Pauletto, que discotecou na festa de inauguração da loja da Oscar Freire. Já a RP Letícia Veloso, da assessoria de comunicação Index, responde pela divulgação com estratégias inovadoras. "Acredito num sistema de moda com praticidade, qualidade, consciência ambiental e social, preços justos e que proporciona experiências inovadoras e transformadoras", diz ela. "​Moda pra mim é muito mais do que produto, é estilo de vida". 

Atualmente, o foco da AMARO está numa consumidora confiante, que não segue muitas normas, e adota um discurso engajado, especialmente nas redes sociais. De olho na geração millennial e no ritmo frenético​ que tomou conta da rotina urbana, a marca investe em coleções simultâneas capitaneando o desejo imediato das consumidoras por tendências. Sua estrutura permite que novas linhas sejam lançadas a cada mês.

Neste mês, o destaque fica por conta do tricoline e da camisaria desestruturada com assimetrias, babados e volumes. O vichy é outra estrela da temporada, e surge em vestidos, camisas e até sandálias com saltos altíssimos. Peças em couro também têm vocação para itens-desejo da coleção. Jeans e tricô completam a coleção Summer View da AMARO. 

Para Dominique, nos próximos anos, a cadeia de produção ficará mais curta. Marcas tradicionais que apostam no atacado precisarão rever seu modelo de negócio. “Os consumidores de hoje demandam uma experiência de compra nova e excitante, a um preço viável”, diz ele. “E é isso que estamos preparados para entregar.”

Fotos: Higor Bastos (ABÁ MGT) 
Realização: Renata Brosina
Edição de Moda: Adelmo Firmino 
Cabelo e maquiagem: Edu Hyde com produtos Guerlain e Schwartzkopf 
Assistentes de beleza: Angel Moraes e Jean Cavalcante
Assistentes de fotografia: Charles Warren e Vinicius Bernardes
Produção de moda: Carolina Domingos
Produção executiva: Anna Guirro
Tratamento de imagem: Caroll Ferreira
Agradecimento: Prototype

posts relacionados

posts recomendados