Pop culture

A briga e processos ente Johnny Depp e Amber Heard estão longe de acabar

O ator disse no tribunal que sente que Amber perseguiu um romance com ele para "progredir em sua própria carreira"
Reading time 5 minutes
Foto: reprodução

Johnny Depp está entregando mais detalhes de seu casamento turbulento com a Amber Heard ao tribunal.

Nesta terça-feira 07.07, o ator de 57 entrou com um processo de difamação no Reino Unido contra o jornal The Sun depois que o tablóide publicou uma manchete em abril de 2018 chamando-o de "espancador de mulheres". 

 

 

Amber, de 34 anos, alegou anteriormente que Depp havia sido abusivo durante o casamento de 15 meses, algo ele  prontamente negou, dizendo que ele é quem foi a vítima de violência doméstica em seu relacionamento. O advogado a atriz, Eric George, negou as acusações dizendo em comunicado que "as evidências neste caso são claras: Johnny Depp bateu várias vezes em Amber Heard". 

"As tentativas cada vez mais desesperadas de Depp de reviver sua carreira iniciando um litígio infundado contra tantas pessoas uma vez próximas a ele - seus ex-advogados, ex-gerentes e ex-cônjuge - não estão enganando ninguém". disse uma fonte à "People". 

 Os dois se conheceram enquanto faziam o filme The Rum Diary juntos. Em sua nova aparição na corte, Depp alegou que Amber o procurou para "progredir em sua própria carreira".

 "Ela era extremamente amigável comigo e estava ansiosa para me contar sobre o rompimento com seu ex-parceiro. Se eu soubesse o que sabia agora, teria visto os sinais de alerta ", alegou Depp em documentos judiciais obtidos pela People.

 

 

"Ela era linda, aparentemente interessada em mim e no meu trabalho, e eu me apaixonei por isso", continuou ele. "Ela me bombardeou com o que parecia ser amor. Não foi até muito tempo depois que eu entendi que ela tinha uma agenda a cumprir: casar comigo para progredir em sua própria carreira e/ou se beneficiar financeiramente dessa situação".  

Ele acrescentou que "Ela sabia o que queria, e eu era um alvo fácil". Chamando a ex-esposa de "calculista" e "completamente desonesta emocionalmente", Depp disse que está convencido de que ela entrou em sua vida para tirar dele qualquer coisa que valha a pena.

 

 

 

Heard e Depp se casaram em 2015. Em maio de 2016, ela procurou uma ordem de restrição por violência doméstica contra ele, acusando-o de abusar dela. Depp negou as acusações e o ex-casal decidiu o divórcio fora do tribunal em agosto de 2016. Ela doou seu acordo de divórcio de US $ 7 milhões para caridade. Ambos os atores assinaram contratos que os impedem de discutir publicamente seu relacionamento. 

Depp a processou por difamação depois que ela escreveu um artigo para o Washington Post em dezembro de 2018, no qual descreveu ser uma vítima de violência doméstica. Embora ela nunca tenha mencionado Depp pelo nome, o processo do ator chamou suas alegações contra ele de "uma farsa".

A advogada de Heard, Roberta Kaplan, pediu ao tribunal que desistisse do processo, argumentando que a coluna não era sobre as alegações de Heard contra Depp. Mas o caso ainda está acontecendo em segredo de justiça.

 

 

Tags

posts relacionados

posts recomendados