Pop culture

Charlize Theron não tem vergonha do seu passado e fala sobre como sua mãe matou o seu pai

A atriz é direta e dá detalhes em entrevista
Reading time 3 minutes

Charlize Theron não tem vergonha de compartilhar seu passado - seja para contar sobre sua infância na África do Sul durante o Apartheid ou até sobre a situação de abuso sexual em que sofreu no trabalho. Mas a nova história compartilhada pela atriz pode ser verdadeiramente assustadora: em conversa com a NPR, ela conta sobre o fato de sua mãe ter matado seu pai em legítima defesa.

 

Segundo a atriz, ela apenas conhecia seu pai como um alcoólatra, e que a situação era bem desesperadora. Uma noite, enquanto ela tinha apenas 15 anos, seu pai embriagado  tentou atirar contra ela e sua mãe.

 

Ela conta que as duas estavam encostadas na porta, tentando conter que ele a abrisse e que, mesmo assim, ele deu três tiros contra a porta. “Nenhuma dessas balas nos atingiu, o que é um milagre. Mas em legítima defesa, ela terminou com a ameaça.”

 

"Eu acho que nossa família era incrivelmente tóxica. E tudo isso nos deixou marcados de certa forma, acho.” Mas, ainda que tudo isso tenha a afetado, Theron conta que não tem vergonha de compartilhá-la com o mundo "Não tenho vergonha de falar sobre isso, porque acho que quanto mais falamos sobre essas coisas, mais percebemos que não estamos sozinhos em nada disso. Penso que, para mim, sempre foi essa história de realmente crescer com viciados e o que isso faz com uma pessoa".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags

casamento
charlize-theron

posts relacionados

posts recomendados