Pop culture

Dua Lipa: batemos um papo com a cantora que é a nova referência da música teen

A grande estrela do ‘novo pop’ revela suas raízes no hip hop e a vontade de quebrar barreiras, em entrevista para a Revista L’Officiel Brasil
Reading time 7 minutes
(Foto: Divulgação)

Artistas britânicos estão acostumados a carregar o rótulo de talentos inovadores -- temos Amy Winehouse, The Rolling Stones e Pink Floyd para provar tal tese. Seja do rock clássico ao universo das batidas eletrônicas, Dua Lipa também trilha o caminho de seus colegas de entretenimento. 

 

Com apenas 24 anos, a jovem que inspira uma multidão de fãs - dentro da internet e fora dela - agora ganha força no cenário brasileiro. Em 22 de abril, por exemplo, fez uma pequena ‘live’ dentro do reality show Big Brother Brasil 20 que ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter naquela noite.

 

Como uma boa estrela do pop, agora também abre suas asas sobre o mercado de lifestyle, sendo a grande estrela da campanha do perfume “Libre”, de YSL. E isso parece ser apenas o começo!

1590066338421786 cadrages dp digitaux rp v2 new fem rvb 27
(Foto: Divulgação)

L’Officiel - Da onde veio sua paixão pela música?

Dua Lipa - Eu canto a minha vida toda. Meu pai era músico, então a música sempre esteve presente na minha casa. Meus pais gostavam muito de ouvir rock britânico e eu amo pop. Quando tinha 11 anos, me mudei para Kosovo e lá, em todos os lugares, ouvia hip hop. Aprendi a amar todos os tipos de música e apreciar diferentes ritmos. Toda a minha formação musical é a fundação de como eu apresento meu som agora, como uma mistura de muitos gêneros, livre de fronteiras. Então sim, eu sou uma cantora pop, mas eu não quero que isso seja algo que me limite. Gosto de ser diversa nos sons que componho e busco que isso esteja em constante evolução.

 

L’Officiel - Qual foi o momento em que você soube que se tornaria uma cantora?

Dua Lipa - Eu estava na escola primária quando alguém me perguntou “O que você gostaria de ser quando crescer?”. Eu respondi que queria ser cantora. Só que eu não sabia que isso, de fato, era um trabalho. 

 

L’Officiel - Como sua família ajudou a realizar seu sonho?

Dua Lipa - Meus pais foram muito encorajadores. Eles sempre foram os primeiros a me incentivar no caminho das artes. 

1590066348172481 cadrages dp digitaux rp v2 new fem rvb 42
(Foto: Divulgação)

L’Officiel - Se você voltasse no tempo e pudesse dar um conselho para a jovem Dua Lipa, o que falaria?

Dua Lipa - Que tudo ficará ok. Que os sonhos se tornam realidade, independentemente de todas as coisas que acontecem, entre altos e baixos. E para não deixar os garotos serem cruéis. Leva um pouco tempo para se ter confiança, mas você achará isso.

 

L’Officiel - Qual é a sua primeira memória de um show?

Dua Lipa - Eu nunca me esquecerei do meu primeiro show. Eu tinha me mudado para Kosovo e, mesmo tendo visto meu pai se apresentar ao vivo, a primeira vez que vi um artista internacional tocando foi em Pristina. Era Method Man & Redman - minha introdução ao mundo do hip hop. Eu não conhecia o repertório, mas eu comecei a ouví-los pouco antes do show, porque meus amigos queriam ir na apresentação. Nunca me esquecerei do momento, então, pois aquilo me inspirou a ir além do que as pessoas esperavam que eu fizesse e criasse. 

 

L’Officiel - Como cantora, qual mensagem você gostaria de passar para seus fãs?

Dua Lipa - Eu gostaria de inspirá-los a serem destemidos, de nunca aceitar um não como resposta, de seguir sempre seus sonhos e serem gentis.

1590066389615383 06 ysl dual rene habermacher 2439 rene habermacher hd tu r21590066389851088 06 ysl dual rene habermacher 2497 rene habermacher hd tu r2
(Fotos: Divulgação)

 

L’Officiel - Quais artistas te inspiram?

Dua Lipa - Em toda a minha vida eu fui muito inspirada por artistas poderosas, como Pink, Nelly Furtado e Alicia Keys. Eu amo como elas se posicionam, são francas, em que acreditam. Amo o modo como permanecem autênticas e fiéis a si mesmas. É isso que desejo para a minha carreira. Ter modelos como esses na música sempre foi muito importante.

 

L’Officiel - Como compositora, qual o melhor momento do dia para criar?

Dua Lipa - O melhor momento é pelas manhãs. Eu gosto de acordar, tomar o meu café da manhã e ir direto para o estúdio. Eu sinto que o meu cérebro trabalha muito melhor durante o dia. Eu sei que muitos artistas preferem a noite, mas eu amo as manhãs e as tardes.

 

L’Officiel - Quais momentos da vida te inspiram a compor?

Dua Lipa - Eu gosto de escrever sobre o que eu sei. Minhas relações pessoais são sempre a forma mais fácil para criar, ao menos que eu navegue por algo mais complicado, o que deixa mais difícil escrever a respeito - especialmente se você estiver muito envolvida. Mas ao mesmo tempo é algo excitante e honesto, e é uma terapia fácil. 

 

L’Officiel - A YSL te escolheu para ser a mulher “LIBRE” (último lançamento em fragrância da marca francesa); por que você acha que isso aconteceu?

Dua Lipa - Primeiramente, gostaria de agradecer por terem me escolhido. É uma honra. Eu me sinto conectada com essa marca por causa de sua aura destemida. Eu defendo a importância de ser confiante, forte e poderosa em relação a qualquer coisa, sobre o que você faz e acredita, de sempre se orgulhar de coisas que você coloca o seu nome. Sinto que cai muito bem com a mesma filosofia por trás de Yves Saint Laurent.

 

L’Officiel - O que você acha do nome da fragrância?

Dua Lipa - O nome realmente se encaixa bem ao legado desta marca francesa. Ser livre é algo que todos nós precisamos nos lembrar de ser e é algo que merecemos. Me sinto orgulhosa em ser parte do projeto da fragrância, pois ser livre é algo que eu defendo. E para uma mulher da nossa época, ser livre é uma grande parcela do que somos, pois apenas queremos viver nossas vidas da maneira que merecemos.

1590066435695446 cadrages sp digitaux rp v2 new fem rvb 77
(Foto: Divulgação)

Tags

posts relacionados

posts recomendados