Pop culture

Eita: Meghan Markle sofreu ataques de pânico

Os tablóides eram tão persistentes que ela temia até mesmo sair
Reading time 3 minutes
Foto: Getty Images

Meghan Markle e o príncipe Harry mudaram oficialmente de vida, longe de todos os dramas da família real e atualmente estão vivendo no Canadá. Desde que o casal anunciou que estão se afastando dos deveres reais, toda a situação com o tablóides que Meghan teve que aturar está se tornando cada vez mais evidente. 

Durante o trabalho de Meghan como realeza em tempo integral, ela foi forçada a lidar com histórias injustas, racistas e negativas de jornais quase todos os dias - basta dar uma olhada em algumas das manchetes terríveis escritas sobre ela sem motivo. Em um ponto, ela disse abertamente a um repórter que lidar com a imprensa era realmente "desafiador" e que ela se sentia extremamente "vulnerável".

 

 

 Um novo relatório da "Us Weekly" revelou detalhes ainda mais comoventes sobre a vida de Meghan. De acordo com as fontes da revista, a atenção ficou tão ruim que Meghan realmente temia sair, porque não queria fazer nada para atrair ainda mais a imprensa negativa. Eles disseram que "se sentiu presa e claustrofóbica" e sofreu ataques de pânico por causa de todo o estresse.

 Felizmente, se mudar para o Canadá tem sido uma enorme fonte de alívio para ela, e a fonte acrescentou: "Meghan está emocionada por ter escapado do caos de Londres. Ela se sente como uma nova pessoa. Além de não ser perseguida pela imprensa britânica 24 horas por dia, todos os dias, Meghan gosta de não precisar se preocupar em seguir o protocolo real ultrapassado".

 

 

 

Tags

posts relacionados

posts recomendados