Pop culture

Eva Green fala sobre Dumbo e o poder de ser diferente

A atriz francesa é a estrela de "Dumbo" e conta mais sobre o processo de atuar no novo filme
Reading time 2 minutes

Como uma femme fatale no filme do James Bond, onde ela interpretou a enigmática Vesper em "Casino Royale", Eva Green foi capaz de mudar e evoluir como atriz ao longo dos anos.

Hoje em dia, conhecida por todos como a musa de Tim Burton, a atriz francesa voltou a trabalhar com o diretor também em "Dumbo", o filme da Walt Disney Pictures que acaba de chegar aos cinemas. 

Como em "Miss Peregrine", e em "Dark Shadow", os dois filmes em que a atriz e o diretor colaboraram juntos, e até mesmo em "Dumbo", o tema da diversidade e dos "freaks" é central. 

 

Apesar do fato de que o elefante tem orelhas grandes que o tornam capaz de voar, há muitos inimigos que derramam seu ódio naquela criatura tenra. 

Um pouco como hoje, em um mundo onde a mídia social é cheia de "leões de teclado" e covardes, nós também gostamos que Dumbo tenha que encarar nossas diferenças e valorizá-las, como Eva Green nos disse durante a entrevista. 

"Vivemos em um mundo em que todos devemos ser iguais, em que devemos necessariamente se encaixar nas pequenas caixas para ser amado. O que Dumbo nos ensina e que devemos aprender a fazer na vida cotidiana é amar a nós mesmos, com nossas forças e nossos defeitos, adquirindo a segurança de que precisamos".

 

 

Entre princesas e personagens da Disney, a atriz prefere produções mais intensas como Bambi e Dumbo, dois filmes que a fizeram chorar muito quando criança, mas ao mesmo tempo formaram seu caráter de forma positiva, porque estas são as histórias que nos fortalecem e nos amadurecem, nos fazem conhecer o mundo por aquilo que é, sem ter a necessidade de viver essas experiências em primeira mão.

 

Assista um pouco mais abaixo:

Entrevista com Eva Green

posts relacionados

posts recomendados