Pop culture

Gwyneth Paltrow está sendo processada por abandonar vítima após acidente

A atriz terá que pagar uma alta multa para um homem americano do Estado de Utah
Reading time 2 minutes
(Foto: Getty Images)

A atriz Gwyneth Paltrow está sendo processada por um homem de Utah. O motivo seria por um acidente que aconteceu em fevereiro de 2016 numa pista de esqui. Supostamente Gwyneth bateu e fugiu do local, deixando o homem com vários ferimentos.

De acordo com a estação local de notícias de Utah, KUTV, Terry Sanderson, o homem que entrou com a ação contra a atriz de Hollywood, afirmou que Paltrow estava esquiando "fora de controle" e o derrubou por trás. Ele alega que "Paltrow se levantou, virou-se e saiu esquiando, deixando-o atordoado, deitado na neve, e muito ferido". 

Um instrutor de esqui que alegou testemunhar o incidente culpou Sanderson por causar o acidente, no entanto ele insistiu que o instrutor estava mentindo e não fez nada para ajudá-lo quando foi ferido.

 

O homem supostamente sofreu uma lesão cerebral, teve quatro costelas quebradas e outros ferimentos após o acidente. Ele afirma que Paltrow "não assumiu nenhuma responsabilidade" e deixou o Deer Valley Resort, em Utah, onde o incidente teria ocorrido.

 

Durante uma coletiva de imprensa, Sanderson lembrou: "me senti muito dolorido, e meu cérebro parecia ter sido injetado com novocaína, não sei como descrevê-lo", disse Sanderson, processando a atriz por US$3,1 milhões.

Paltrow divulgou uma declaração através de um representante de sua empresa Goop negando as alegações de Sanderson, dizendo: "Este processo é totalmente sem mérito e esperamos ser justificados."

 

posts relacionados

posts recomendados