Pop culture

Peter Lindbergh, gênio da fotografia, morre aos 74 anos

O fotografo era conhecido por seu estilo único e P&B
Reading time 3 minutes
Foto: reprodução/instagram @therealpeterlindbergh

Peter Lindbergh morreu aos 74 anos. O fotógrafo alemão faleceu na última terça-feira, 3 de setembro, e sua causa da morte ainda não é conhecida. A notícia foi confirmada em sua página do Instagram em um post que dizia: "É com muita tristeza que anunciamos a morte de Peter Lindbergh em 3 de setembro de 2019, aos 74 anos. Ele deixa sua esposa Petra, seus quatro filhos, Benjamin, Jérémy, Simon, Joseph e sete netos. Ele deixa um grande vazio. "

Lindbergh foi conhecido por criar algumas das imagens mais icônicas da indústria, usando seu estilo elegante em preto e branco e exclusivo para capturar as mulheres da forma mais natural possível, de Naomi Campbell e Cindy Crawford a Rihanna e Lady Gaga. Ele redefiniu os padrões de beleza, recusando-se a reduzir a perfeição brilhante e retocada que permeia algumas revistas e mídias sociais. Em vez disso, ele se concentrou na humanidade e na essência de seu sujeito.

"Essa deve ser a responsabilidade dos fotógrafos hoje: libertar mulheres e, finalmente, todos, do terror da juventude e da perfeição", disse ele certa vez.

 

 

Ele também fotografou o calendário Pirelli três vezes em 1996, 2002 e 2017 - o único fotógrafo nos 50 anos de história do calendário a fazer isso - tirando fotos de atrizes, em vez de modelos, pela primeira vez. Em 2017, ele fotografou várias estrelas da Pirelli com quase nenhuma maquiagem. Ele esperava "lembrar a todos que existe uma beleza mais real e verdadeira e que não é manipulada por interesses comerciais ou outros", como ele disse em uma entrevista coletiva na época. Abaixo, relembre um pouco do seu brilhante trabalho:

 

 

 

 

 

 

 

 

posts relacionados

posts recomendados