Viagem

Tudo o que você precisa saber sobre um "destination wedding"

Os casamentos fora da cidade natal dos noivos estão virando cada vez mais comuns e mais sonhado por casais que querem celebrar o seu amor em um lugar especial que marcou suas vidas.
Reading time 15 minutes
Villa Del Balbianello, Lago di Como, Itália. Foto: Sam Sacramento.

Te contamos com uma entrevista absolutamente tudo o que você gostaria de saber sobre os românticos casamentos "longe de casa"

A "Aonde Casar" é especializada em planejamento de Destination Weddings e Simone Tostes, sua dona, com certeza vai te deixar sem nenhuma - ou quase nenhuma - dúvida.

Inspire-se para a sua união ou renovação de votos com esse bate-papo e também com estas belas fotos:
 

 

- O que é um Destination Wedding? 

R: É o casamento realizado em um país (ou cidade) diferente daquela em que os noivos residem.

E existem 3 tipos:

Os noivos são do mesmo país, mas querem realizar seu casamento em outro destino.

O noivo e a noiva são de países diferentes e um deles viajará ao país do outro para o casamento.

O noivo e noiva são de países diferentes mas decidem se casar em um outro país.

Nos três casos citados o casamento poderá ser apenas para o casalpara alguns poucos convidados como parentes e amigos muito próximos, ou uma grandiosa festa de casamento para muitos convidados.

 

- Qual é o destino mais procurado no Aonde Casar para casamentos no exterior?

R: Europa principalmente a Itália (em seguida França, Portugal e Grécia); Caribe (sendo Cancun e Riviera Maya as praias mais pedidas) e Punta del Este no Uruguai.

1540742745235933 2
Villa Del Balbianello, Lago di Como, Itália. Foto: Sam Sacramento.

- Quanto costuma custar uma cerimônia nesses destinos? 

R: Valores sempre dependem de uma série de itens como o espaço do casamento, o tipo de decoração escolhida pelos noivos, tipo de catering e bebidas selecionadas, época do ano do casamento, destino escolhido para a realização do casamento, tempo de festa, etc. 

Não temos como precisar valores pois não trabalhamos com “pacotes” prontos, todos os nossos Destination Weddings são feitos caso a caso e de acordo com todas as solicitações dos noivos. Somente desta forma poderemos garantir a qualidade nos serviços que oferecemos.

- Geralmente, os casamentos no exterior possuem valor legal e/ou religioso? Mesmo que não seja comum, isso é uma possibilidade? Se sim, em quais destinos?

R: Existem destinos que podem ser feitas cerimônias religiosas e civis de Brasileiros e destinos onde isso não é possível. Quando os noivos me pedem uma cerimonia de casamento no exterior, a primeira coisa vista por nós é exatemante se será possível ou não uma cerimônia civil ou religiosa que seja legalizada neste destino solicitado. Mas as cerimônias de casamento católicas só podem ser celebradas por padres em Igrejas que tenham sido consagradas pelo Vaticano, nenhum padre tem autorização para celebrações externas e oficiais de casamentos no Catolicismo.

1540742800302075 51540742799956791 4
1540742800488383 6
Hotel Charisma Suítes, Santorini, Grécia (Elopement Wedding); Fotos: Bianca Ramos

- Quem os noivos devem convidar para um casamento no exterior?

R: Se o objetivo do casamento no exterior for para ser mais íntimo, priorize familiares e amigos mais próximos. Do contrário convidem quem desejarem e aproveitem ao máximo cada segundo do casamento.

 

- Em um casamento no exterior, quais são os custos que os noivos devem arcar? A passagem e a acomodação dos convidados são um deles?

R: A responsabilidade dos noivos é a mesma para a realização de qualquer casamento seja na cidade de residência deles ou não, ou seja, eles são responsáveis pela cerimônia e festa de casamento. 

Não existe “obrigatoriedade” nas despesas de passagens e hospedagens dos convidados, mas é claro que quando os noivos podem fazer esta gentileza é extremamente elegante da parte deles.

 

- Em termos de etiqueta, o que os noivos costumam fazer em relação aos convidados que não poderão comparecer ao casamento? Eles devem receber um convite ainda assim? É comum fazer transmissões ao vivo da troca de alianças, por exemplo?

R: Acho muito elegante quando os noivos proporcionam um almoço ou jantar para alguns convidados que não poderão viajar para o casamentos deles, mas isso é apenas uma gentileza e não uma obrigação. Enviar convites a familiares e amigos mais próximos que não estarão no grande dia também é muito gentil. 

As transmissões ao vivo são perfeitamente possíveis, hoje em dia com a rapidez e eficácia da tecnologia isso pode ser feito sim, mas deverá ser feita por uma empresa especializada e entrar na planilha de custos do casamento. Desaconselho totalmente o “faça você mesmo”, pois se houver algum problema no dia, não terá como voltar atrás e o casamento é uma data muito importante na vida de qualquer casal, não podendo dar margens para erros.

1540742998967449 91540742999004155 7
1540742998996880 8
Hotel Playa Vik, Punta Del Este, Uruguai. Fotos: Ricardo Ranguetti

- Com que antecedência o save the date de um casamento no exterior deve ser enviado?

R: Um mínimo oito a seis meses é um boa antecedência para que os convidados possam se programar com a organização da viagem para prestigiar o casamento.

 

- Qual a duração média dessas viagens? Os convidados ficam o mesmo tempo que os noivos? Os noivos costumam emendar uma lua de mel no mesmo destino da cerimônia?

R: Não existe regra para esta pergunta, rsss! Para um Destination wedding recomendo 4 noites no mínimo para que todos tenham tempo de curtir o local do casamento. Os convidados podem ficar o mesmo tempo que os noivos ou não, tudo depende muito da época do ano, destino escolhido, se os convidados estarão de férias ou não. 

É muito comum os noivos emendarem a lua de mel no mesmo destino ou em alguma Cidade próxima da que aconteceu o casamento.

 

- O que é preciso levar em consideração na hora de escolher a data de um casamento no exterior? O destino interfere nessa escolha?

R: O Clima é bastante relevante, é bom saber se a data escolhida é um período chuvoso ou não no destino escolhido para o casamento, se é um período de alta ou baixa temporada, se existem feriados importantes no Brasil ou no destino escolhido para o DW. 

1540743061105965 121540743061016213 11
1540743060928419 10
Villa Aumonerie, Mônaco, French Riviera (Elopement Wedding); Fotos: Sam Sacramento

- Uma cerimônia no exterior pode sair mais em conta do que uma feita no Brasil? Se sim, vocês poderiam nos dar exemplos de preços de cada tipo de casamento?

R: Se elas tiverem o mesmo número de convidados não, afinal a moeda usada na Europa e nos Estados Unidos são mais fortes que o Real Brasileiro. O que poderá fazer com que um DW saia um pouco mais em conta que um casamento no Brasil é o tamanho dele, ele só terá valores menores se for bem menor que o casamento que seria feito no Brasil. Por exemplo: se um casamento no Brasil seria feito para 200/300 convidados, ele sairá mais em conta no exterior se for feito para 100 convidados ou menos. Mas se a intensão do casal for realizar, além da cerimônia e festa de casamento, um pré e pós wedding aí os custos jamais ficarão mais em conta, afinal 3 eventos não podem custar o mesmo que 1... serão muitos detalhes e fornecedores diferentes envolvidos nestes eventos.

 

- Há alguma tendência dentro do segmento de destination wedding?

R: Tenho recebido muitas solicitações para Elopement Weddings, que são casamento feitos apenas para o casal, sem convidados e imendando com a lua de mel. Existe uma cerimônia simbólica e um jantar romântico do casal, tudo com muitas fotos em uma paisagem deslumbrante (Mas na hora de fazer a planilha de gastos deste tipo de casamento, todos casal deverá levar em conta também os dias que estarão em viagem para cálculos com hospedagem e passagens aéreas e todos os demais itens que um casamento envolve, seja a dois ou para mais convidados: O pagamento da locação do espaço da cerimônia, decoração floral da cerimônia e do jantar do casal, contratação de um celebrante, buquê da noiva e lapela do noivo, músicos para cerimônia, fotógrafo e vídeomaker, gastos com cabeleireiro e maquiador para noiva e os serviços da contratações de uma wedding planner (assessora e cerimonialista de casamento) especializada em Destination Wedding, claro!

1540743173434787 141540743173417892 13
1540743173451600 15
Hotel Metrópole Monte-Carlo, French Riviera (Elopement Wedding); Fotos: Sam Sacramento

- Quando os casamentos são feitos na praia, existe um plano B em caso de chuva?

R: Quando sou eu a organizar o casamento, sim! Não posso correr o risco de realizar um casamento ao ar livre contando apenas com a sorte! De jeito nenhum! Rsss!

 

- As cerimônias são feitas em qual idioma? É difícil encontrar celebrantes que falem português no destino? Quais são as possíveis soluções em casos como esse?

R: No caso da contratação dos serviços do Aonde Casar para o Destination Wedding, temos muitas opções onde conto com profissionais locais que falam português e também alguns brasileiros residentes nestes locais. Como já trabalhamos com o mercado internacional de DW há 5 anos, eu tive a oportunidade de conhecer muitos fornecedores de casamento nos 18 países que estabelecemos parcerias e que pessoalmente visitei (no meu site mostro esses 18 países e os mais de 100 locais diferentes para DW de brasileiros: www.aondecasar.com.br).

Também, temos um escritório de atendimento na Toscana (só com profissionais de casamento Brasileiros e residentes: tenho fotógrafos, vídeomaker, maquiadora, cabeleireira, estilista de noivas, decoradora, florista e celebrante de casamento. No meu blog existem posts a respeito deste assunto e muitos mais: www.aondecasar.com.br/blog), outro em Mônaco e acabamos de abrir mais um em Lisboa.

 

- Ao se casar no exterior, do que a noiva terá que abrir mão? Qual logística costuma ser feita com o vestido? Ela pode escolher o buquê, o maquiador, o cabelereiro à distância? Vocês indicam pessoas que fazem esses serviços?

R: Todos esses profissionais que comentei na pergunta anterior podem rodar por toda Europa para atender as noivinhas do Aonde Casar, o que acaba ficando bem mais em conta do que levá-los do Brasil (neste caso não existem os custos das passagens aéreas internacionais, apenas o deslocamento dentro da própria Europa).

Mas a noiva não precisa abrir mão de nada. Ela pode levar o vestido no voo (nunca despachar é claro!) ou comprar no exterior. Quanto ao buquê, maquiador, cabeleireiro, fotógrafos, celebrante, florista, etc. fazemos toda escolha a distância sim, com trocas de imagens via e-mail e WhatsApp, reuniões via Skype ou FaceTime, etc. e como já conheço e já trabalhei com a maioria dos meus fornecedores no exterior, isso se tornou muito simples e fácil para mim.

 

 

1540743442974853 16
Villa Del Balbianello, Lago di Como, Itália. Foto: Sam Sacramento.

- Os noivos que casam no exterior costumam ficar sem presentes?

R: Isso é muito pessoal. Existem noivos que fazem lista de presentes e existem noivos que não pedem nada já que sabem das despesas altas que estes convidados terão para prestigiá-los no casamento no exterior.

 

- De maneira geral, qual é o perfil do casal que se casa no exterior? E, por outro lado, qual o tipo de casal que não ficaria satisfeito com uma cerimônia fora do Brasil?

R: Normalmente são casais mais jovens, que buscam por experiências diferenciadas e desejam bem mais que um casamento que dure somente 5 ou 6 horas em uma noite apenas.

Eu acredito que o DW agrade a todos os tipos de casais, mas aqueles que não abrem mão de ter todos os seus convidados presentes no dia do casamento talvez possam se decepcionar um pouco por não conseguir ter alguns deles, afinal nem todos que eles amam poderão estar presentes no casamento no Exterior por diversos motivos diferentes e que fogem totalmente do controle do casal.

 

- Como começar a planejar o destination wedding?

R: Comece a planejar com pelo menos 1 ano de antecedência, contrate uma assessoria especializada em destination wedding e que tenha experiências com esse tipo de casamentos. Realizar um casamento no local de residência dos noivos não é fácil, imagina com a distância, o idioma e a cultura diferentes da que os noivos estão acostumados.

1540743450909598 181540743450561359 17
Villa Il Merlo, Toscana, Italia (Elopement Wedding) Fotos: Sam Sacramento.

- Em destinos internacionais, tem de se levar em conta a cultura do local? Se sou católico, posso casar num país predominantemente de outra religião?

R: Sim, deve-se sempre respeitar a cultura local. Você não deverá realizar um casamento católico em pais de predominância muçulmana ou budista, por exemplo. O ideal é realizar uma cerimônia simbólica seguindo as tradições do local escolhido.

 

- O que é necessário para que a experiência seja bem-sucedida? Você pode dar algumas dicas para quem quer realizar esse tipo de casamento?

R: Já com a assessoria especializada contratada, você ter pelo menos 2 opções de hotéis para caber no bolso de cada convidado é importante, a antecedência deve ser de pelo menos 6 a 8 meses antes da viagem para que todos possam se programar. Organizar a agenda da viagem é imprescindível, todos deverão receber o roteiro com horários das festas, passeios agendados e separar pelo menos algumas manhãs ou tardes livres para que todos possam aproveitar o seu tempo da maneira que acharem melhor também é bom.

1540743460489541 201540743460358142 19
Hotel Playa Vik, Punta Del Este, Uruguai. Fotos: Ricardo Ranguetti.

Tags

viagem
casamento
wedding

posts relacionados

posts recomendados