Viagem

Os destinos exóticos que profissionais da moda querem voltar depois da quarentena

Aqui estão todos os locais deslumbrantes para adicionar à sua lista de desejos de viagem pós-quarentena
Reading time 6 minutes

Estar preso em casa por causa da pandemia pode revelar uma necessidade intrínseca em nós mesmos, a de liberdade. Ainda que você se considere uma pessoa caseira, a obrigação de se manter em isolamento pode mexer com a mente e a vontade de viajar nunca pareceu tão intensa. 

 

Seja para experimentar novas culinárias, caminhar pelas ruas ou conhecer gente e - finalmente - estar em uma aglomeração novamente, não há dúvidas de que o pós-quarentena envolverá a compra de passagens e a seleção de uma hospedagem aconchegante e poderosa. Pensando nisso, selecionamos os destinos que profissionais da moda estão planejando retornar no fim da quarentena, confira e inspire-se!

 

Peju Famojure, Stylist
Destino: Dakar, Senegal

1592534158939182 1588617018369905 img 9835 copy

“Não tem nada que eu esteja sentindo falta tão desesperadamente agora como o sol africano. É um estimulante instantâneo e, quando você joga música e comida não há nada melhor”, conta a stylist. “Do lago cor de rosa, praias vulcânicas repletas de rochas a ondas incríveis prontas para o surf, Dakar, no Senegal, rapidamente se tornou um dos meus lugares favoritos.” 

Renata Brosina, diretora de redação da Revista L'Officiel Brasil

Destino: Roma, Itália

"Primeiro lugar que vou querer ir é Roma. É um dos meus destinos favoritos do mundo e pra mim a Itália de modo geral é um país muito feliz, caloroso e, claro, lindo. Eu estava em Roma lá no comecinho da pandemia e pra mim foi muito triste ver a cidade apagada, sem movimento nas ruas, as pessoas com cara de assustadas e se evitando. Estou sonhando em tomar um Blood Mary no Hotel de Russie (um dos meus drinks favoritos de lá porque tem um toque oriental e é feito com um suco de tomate sem igual). Não vejo a hora de poder visitar a Fontana di Trevi, que apesar de ser um lugar tão mainstream, última vez que fui estava deserta e pra mim foi muito estranho não ver a vida, assim como passear pela Villa Borghese, outro lugar que é sinônimo de movimento, vida. E ai, no fim do dia, ver o pôr do sol rosa da Itália, que pra mim é único no mundo".

Marina Cortbawi, designer da Merlette

Destino: Sydney, Australia

“O primeiro destino para onde vou depois da quarentena é Sydney. É onde nasci e vivi a primeira metade da minha vida, e sinto muita falta da vida natural - os pássaros barulhentos, as árvores perfumadas e a terra seca, o céu azul e natação em piscinas naturais do oceano - é tudo sobre a vida ao ar livre” conta a designer.

Lucy Folk, criadora e diretora criativa da Lucy Folk

Destino: Tangier, Marrocos

“Depois que as proibições de viagem forem suspensas, voltarei a Tânger. Tânger é místico. É onde o mar Mediterrâneo encontra o Atlântico e você pode ver a Espanha em um dia claro e cheirar as especiarias do souk” conta Lucy “Tem uma energia intensa e você pode se sentir um pouco arenoso mas é isso que faz com que a cidade seja excitante.”

 

“Músicos, poetas, artistas e boêmios se sentem em casa em Tânger. Há muita magia por trás das portas e essas portas não são difíceis de abrir. Eu sempre fico em uma casa privada na Nord Pinus. É um pequeno hotel cheio de charme. Café da manhã no terraço ao ar livre é uma delícia”

Emily Levine, Designer da Emily Levine

Destino: Kyoto, Japão

“Meu marido e eu fomos a Kyoto em nossa lua de mel e ficamos no Nazuna Kyoto Gosho - foi a melhor descoberta. Tivemos a sala Kuzukiri com um jardim zen privado e uma banheira de madeira de cipreste japonesa que se abre para o jardim. Eles também estão abrindo outro local que queremos conferir” conta a designer. 

 

“Adoramos Kyoto e este hotel boutique sempre será um lugar tão especial para nós! Sendo uma das minhas cidades favoritas do mundo, é um lugar para o qual sempre vou querer voltar. Experimentar a cidade se hospedando em um ryokan ou em um boutique hotel menor torna a experiência muito mais autêntica. ”

Paula Roschel, editora da Revista L'Officiel

Destino: Nova Zelândia

"Um país que me encantou profundamente e que será meu destino por muitas outras vezes é a distante Nova Zelândia. Além de ser um local com natureza bastante preservada e destino para amantes de aventura (como eu), é um país com uma população fantástica! Dá para passar horas conversando com os kiwis, como são chamados os locais, e perceber que ainda existe muito amor e  empatia no planeta. Acho que isso ficou ainda mais notório após o mundo conhecer Jacinta Ardern, primeira-ministra considerada uma das líderes mais eficientes e carismáticas do mundo. Aliás, o país é um ótimo destino para mulheres que gostam de conhecer a história de outras figuras femininas importantes. A Nova Zelândia foi o primeiro país no mundo a permitir o voto feminino, através do árduo trabalho de Kate Sheppard, uma das mais notórias sufragistas da história".

Sandra Sandor, criadora e diretora criativa da Nanushka

Destino: Sri Lanka

“Uma das viagens mais mágicas que fiz no ano passado foi ao Sri Lanka. Ficamos em Weligama, província do sul do Sri Lanka em Cape Weligama. A terra é elevada 9 metros acima do nível do mar e oferece vistas deslumbrantes. A beleza intocada do Sri Lanka, a bondade das pessoas e o pôr do sol quase fictício são apenas algumas razões para voltar.”

posts relacionados

posts recomendados