Moda

Nós tomamos café da manhã com Jennifer Lawrence

Um encontro em Los Angeles com Jennifer Lawrence, a atriz mais bem paga do mundo, musa da Dior e símbolo do movimento feminista de Hollywood
Reading time 3 minutes

Como uma estrela de 27 anos que está "bombando" começa o dia?

Jennifer Lawrence: Minhas manhãs são o resultado de minhas noites. Se eu passo a noite inteira no sofá assistindo TV e comendo uma pizza, posso terminar as sobras no café da manhã. Mas se eu estiver treinando para um papel com uma mentalidade muito diferente da minha, eu me tornarei ultra-disciplinada, e as diretrizes da manhã seguinte raramente incluem croissants e um café demorado! (Risos).

E quando você não trabalha?

Nesse caso, a manhã é o momento em que leio, principalmente as notícias do dia, gosto de me informar. Dou um passeio com meu cachorro Pippy pelas ruas de Los Angeles...Minha vida é complicada!

Nós vimos você nua em Red Sparrow, um filme muito violento. Você precisou quebrar sua imagem de ídola adolescente?

O filme deixará as pessoas surpresas, com certeza; Eu precisava, com esse papel, sair da minha zona de conforto, mas não me arrependo. Eu estava muito nervosa em me despir na frente de todos, mas o fato de que por trás da câmera está Francis Lawrence, com quem eu fiz Jogos Vorazes, e uma boa parte da equipe de seus filmes, facilitou tudo. Eu saí dessas cenas com a sensação de ter finalmente assumido minha própria vida.

 

Você tem um grande papel na luta pela igualdade salarial em Hollywood e na criação do movimento Time's Up ...

O Time's Up ajuda as vítimas de assédio sexual, existe agora uma linha direta para que todos possam ligar, denunciar e ser auxiliado. Já está na hora das pessoas aprenderem a não subestimarem as mulheres.

Há tantas coisas trágicas no mundo que gostaria de ver mudadas, a corrupção é uma delas ...

Dior, para você, é ...

Um sonho para qualquer garota do Kentucky e do mundo! Fazer as campanhas da Dior, grife absoluta de elegância, é uma honra suprema, um privilégio que me motiva, me faz querer fazer cada vez mais trabalhos, ao mesmo tempo que me conforta na ideia de permanecer autêntica.

 

Tags

posts relacionados

posts recomendados