Cultura

Camila Coutinho responde: Como fazer o melhor uso das redes sociais em tempos de crise

Confira uma entrevista exclusiva com a influenciadora sobre esse novo momento na internet
Reading time 7 minutes
(Foto: Divulgação)

A crise do COVID-19 está mudando nosso relacionamento com as mídias sociais. Em tempos em que o medo e as notícias do novo coronavírus estão dominando as rotinas de pessoas do mundo inteiro, encontrar a melhor forma de usar as redes pode ser um verdadeiro desafio. Com a chegada do isolamento social, plataformas como Instagram, TikTok, Facebook e Twitter sentiram um verdadeiro boom no número de acessos, com as pessoas cada vez mais em busca de informações e momentos de lazer.

Mas saber lidar com esse tempo de crise é um campo minado, ou acerta ou perde feio. Camila Coutinho, criadora do multicanal “Garotas Estúpidas” e autora do livro “Estúpida, Eu?” falou com exclusividade sobre o assunto com a L’Officiel Brasil. 

 

  • Sobre consumo rápido e demasiado

"Nesse momento atual é doido pensar que estaríamos desacelerando, mas ao contrário disso, é como se todas as situações da vida estivessem aceleradas em 1000%, tudo está mais intenso, seja nos relacionamentos, no trabalho, em tudo. Inclusive a nossa relação com o telefone e mídias sociais está elevada à décima potência, como estivéssemos "casados" com o nosso celular, e antes essa relação era só um "namoro". E nesse casamento vemos tudo muito mais intensificado, seja nos defeitos como nas qualidades. Por isso acredito que esteja ficando claro para a maioria das pessoas o quanto essa relação está demais (antes já estava, mas agora muito mais evidente) e principalmente os efeitos disso em uso exagerado. Para mim, ficou ainda mais claro como precisamos ficar atentos a este movimento e também como depende de nós essa imposição para que não se perca o controle."

 

Dicas preciosas:

1- Não durma com o celular. 

"Já faz um ano que não durmo mais com o celular no quarto e acordo apenas com o despertador. Só de modificar esse hábito vejo uma mudança enorme no meu dia, acordo em outro pique/mood. Eu sempre recomendei essa mudança para todos que me seguem, e agora ainda mais. E é ótimo quando a gente foca no nosso dia e consome a informação necessária. Nesse momento não é válido consumir informação em excesso. 

 

2- Selecione o tipo de conteúdo que você vai consumir e o que vai repassar nas suas redes.

"Indico isso para não ficar algo "over" em todos os sentidos, de informação e de lazer. Fora isso, há o aumento das fake news, que estão mais intensas por isso temos que ter mais cuidado e atenção ao consumir".

 

 

  • Sobre equilíbrio emocional

"Um ponto de atenção hoje em meio a tudo isso é a saúde emocional, principalmente para quem já sofre de depressão e ansiedade. É preciso estar mais atento. A incerteza pode ser o combustível para a ansiedade, e hoje passamos por um período de incertezas, pois é algo novo para todos. Por isso é importante se cuidar e cuidar do outro também. Ser curiosa com seus sentimentos que nesse período muda constantemente. E saber respeitar esse seu sentimento, nem todo dia você estará disposto a ler, escrever, produzir, estudar. Não há certo ou errado nesse momento de como você está se sentido, pois ninguém nunca passou por isso antes."

 

 

  • Sobre encontrar estímulo para novas ideias

"No meu caso a palavra "estímulo" tem me ajudado nesses dias. O meu trabalho me estimula muito. O GE Festival surgiu para trazer conteúdo diferente e criativo para os nossos leitores, mas também me ocupou de um jeito que me deu muito gás para inclusive criar outros projetos. A equipe ficou mais animada e isso consequentemente me deixou mais feliz. Tive essa ideia logo no início da quarentena, e corri para executar porque sabia que logo menos outras pessoas/marcas teriam algo parecido (na sequência surgiram outros festivais)."

 

"Ao mesmo tempo as ideias têm uma duração menor (antes já não duravam agora então tudo está ainda mais rápido e dinâmico). Uma ideia que você tenha precisa ser aplicada logo (óbvio que antes é necessário fazer um checklist dos pontos e riscos). Por isso vejo a importância do estímulo hoje. Líderes e executivos precisam manter suas equipes motivadas e estimuladas. Para algumas pessoas estar em casa, em regime home office, não significa produzir mais, pode ter gente que esteja em casa sem motivação e estímulo. As empresas e seus líderes precisam encurtar o processo burocrático nesse momento para não perder o timing e conseguir sair na frente, se não logo atrás outra pessoa faz a sua ideia."

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags

moda
instagram
camila-coutinho

posts relacionados

posts recomendados