Cultura

Na semana da mulher, conheça 15 brasileiras pioneiras da nossa moda!

Na semana de comemoração do dia internacional da mulher, conheça as brasileiras pioneiras no ramo da moda dos anos 1970 no país.
Reading time 7 minutes

O dia da mulher é todo dia! Mas aproveitamos a data de celebração de todo dia 8 de março para mimar um pouco mais as guerreiras de saias! Neste clima festivo, diversas são as homenagens prestadas e, inspirados pelo apanhado histórico feito pela jornalista Lilian Pacce, relembramos as mulheres pioneiras responsáveis por construir a história da moda do Brasil como ela se tornou! 

 

Sem elas o setor do país seria provavelmente diferente e não teria alcançado metade do caminho que percorreu. Elas foram empreendedoras, costureiras, estilistas, modelistas... De tudo um pouco para fazer suas histórias prosperarem! E conseguiram! Criaram seus negócios principalmente em meados nos anos 1970, quando havia uma busca por uma “outra” moda, diferente do que suas mães e avós costumavam vestir até ali, e já que no fim dos anos 1960 o movimento hippie influenciou a busca pela liberdade como um todo!

 

Neste sentido, estas mulheres estavam em busca de uma nova fase mais livre e jovem, e isso se espelhou diretamente no universo fashion. Era um período parecido com o que vivemos hoje, de emponderamento e busca por uma “nova mulher”. Por tanto, uma “nova moda” era necessária! Vale a pena relembrar estas importantes figuras que deixaram a costura amadora para trás e abriram seus próprios negócios com qualidade e criatividade e que fazem parte da história brasileira!

Glória Coelho

Ainda no mercado atualmente, Glória inaugurou sua primeira marca “G” nos anos 1970 depois de ter feito camisetas que vendia para as amigas aonde estudava.

Atualmente a marca chama-se Glória Coelho e há décadas trabalha com uma moda contemporânea de altíssima qualidade.

Alba Noschese

Quem criou sua própria marca de moda no mesmo período foi Alba Noschese.

A Armazém era considerada de muito bom gosto. Hoje em dia, com mais de setenta anos, embora tenha mudado de ramo de atuação para o setor de eventos, costuma continuar aparecendo com destaque por sua contribuição com o setor de moda durante uma vida inteira.

Traudi Guida

Fundadora da Lelis Blanc, vendeu sua participação para o grupo Restoque e assumiu um papel na marca de calcinhas e soutiens Loungerie.

Atualmente está novamente no comando da própria marca chamada SouQ de lojas com seleções de artigos bem interessantes de moda, acessórios, dentre outros.

Maria Cândida

Fundadora da Maria Bonita em conjunto com Malba Paiva. A marca fez história com desfiles marcantes de muita personalidade.

Mais tarde, ainda, fundou a Maria Bonita Extra, que embora não esteja mais no mercado, foi muito importante para a história da moda no Brasil.

Andrea Saletto

Moda de criatividade ímpar, além de ser sinônimo de qualidade e elegância!

Alice Tapajós

Alice era jornalista e veio a se tornar estilista, o que acontecia com muitas mulheres na época! Sua moda foi um sucesso por muitos anos e até hoje trabalha no ramo.  

Marcia Gimenez

Fundadora da Equilíbrio de São Paulo, era produtora de moda das revistas da Abril e acabou abrindo a marca que se tornou famosa.

Clo Orozco

Fundadora da Huis Clo, foi muito importante no setor já que tinha olho, estilo e elegância especiais para a moda.

Estudou sociologia, então trouxe para a moda um lado mais intelectual. O nome Huis Clo vem da peça de Jean Paul Sartre, o existencialista francês. Seu nome era Clotilde Maria Orozco Garcia e por isso sua segunda marca se tornou Maria Garcia.

Lu Pimenta & Olga Almeida Prado

Em 1975, Lu Pimenta criou a Tweed de moda masculina em conjunto com Olga Almeida Prado.

Na época, todo homem deveria ter uma roupa da famosa marca!

Mais tarde foi para a Daslu (dentre outras marcas), e atualmente está na Zapalla de moda masculina.   

Mara Mac Dowell

Fundadora da Mara Mac. A marca continua existindo até hoje e é um verdadeiro sucesso.

Lenny Niemeyer

Nasceu em Santos aonde estudou desenho industrial.

Mas tarde, quando se casou, foi morar no Rio de Janeiro aonde inaugurou a marca moda praia de maiôs e biquinis com seu nome Lenny Niemeyer que é um sucesso absoluto.

Jaqueline De Biase

Fundou a Salinas de moda praia em 1980. Sua intenção era agradar mulheres que preferiam calcinhas maiores com as quais podiam se sentir mais confortáveis.

Em 2010 a marca foi comprada pelo grupo InBrands, embora Jaqueline continue na direção criativa.

Giovana Kupfer

Criou a Giovana Baby, marca de roupas infantis que foi um sucesso por muitos anos, tendo inclusive exportado seus produtos para muitos países.

Criou uma “experiência de compras” que era um sucesso e criou a própria lavanda com o mesmo nome da marca que era um fenômeno entre mães e crianças.

Zuzu Angel

Por último e definitivamente não menos importante, devemos lembrar Zuzu Angel.

Anterior a essa geração, foi quem abriu a janela da moda brasileira para o mundo!

A usou como ferramenta de denúncia depois que teve o filho desaparecido nos tempos de Ditadura Militar.

Tags

posts relacionados

posts recomendados