Cultura

Namorado de Gianni Versace desmente versão de série para morte do estilista

Com estreia prevista para 2018, a trama vai narrar os episódios envolvendo o assassinato do designer italiano.
Reading time 2 minutes

Antonio D’Amico foi a público para criticar a segunda temporada de "American Crime Story: The Assassination Of Gianni Versace", que vai contar a história envolvendo a morte de seu companheiro por 15 anos, Gianni Versace. O estilista italiano foi assassinado em sua mansão, em Miami, em 1997, aos 50 anos.

Interpretado por Ricky Martin na trama, D’Amico disse que em nenhum momento foi procurado pela produção da série e que a cena em que é retratada a morte de Versace não tem nada a ver com a realidade. “A imagem de Ricky Martin segurando o corpo em seus braços é ridícula. Talvez seja licença poética do diretor, mas não foi como eu reagi”, revela ao The Observer.

Na versão do companheiro do designer italiano, ele estava tomando café quando ouviu tiros e, logo depois, encontrou o estilista caído nos degraus da casa. “Eu senti o meu sangue congelar”, conta.

Outra reclamação de D’Amico é sobre uma declaração de Martin, que contou, durante uma entrevista, que em uma das cenas Gianni repreende o namorado por tentar andar de mãos dadas com ele na praia, com medo de ser fotografado por paparazzi. “Nós vivíamos como um casal normal, nunca houve problemas quanto a isso. Ele nunca tentou esconder quem ele era”, declara.

A série tem previsão de estreia para o início de 2018. Veja mais imagens divulgadas aqui!

posts relacionados

posts recomendados