Cultura

Sul América Arte: a maior bienal já realizada na América do Sul

A BIENALSUR acontece simultaneamente em vários países para disseminar a arte e a cultura.
Reading time 2 minutes

“Por que uma nova bienal de arte?”, “Onde estaria a ‘novidade’?” e “Quais deveriam ser seus valores diferenciais”? Foram essas perguntas que nortearam a elaboração da BIENALSUR (Bienal Internacional de Arte Contemporânea da América do Sul). 

Essa nova bienal, que acontece simultaneamente em toda a América do Sul e em alguns países da Europa e Japão, tem uma abrangência única e acontece principalmente em espaços públicos de formação (universidades públicas). O evento tem como foco a disseminação da arte e cultura, mas, principalmente, procura promover um diálogo verdadeiro, em condições de igualdade, entre alguns dos artistas mais renomados do mundo e seus colegas da América do Sul.

Ao todo são 16 países, 32 cidades, 84 sedes e 400 artistas envolvidos nesse projeto monumental que começou a ser elaborado ao longo de 2016 e em setembro desse ano se iniciou, em Buenos Aires, no que foi chamado de "Km 0" das intervenções. Em sua primeira edição, a Bienal acontece principalmente nas capitais sul-americanas, mas isso não significa que esteja centrada unicamente nas grandes cidades. No Brasil, a bienal está no Rio de Janeiro, São Paulo, Sorocaba, Curitiba, Porto Alegre e Santa Maria.

“Esta bienal tem como grande propósito ser democrática, procura atender a população como um todo e quer difundir a arte como uma das expressões humanas que pode ajudar as pessoas a compreenderem o mundo em que vivem”, afirma Marlise Ilhesca, Assessora Internacional da BIENALSUR.

Um mapa com a localidade de todas as obras e maiores informações estão em www.bienalsur.org

posts relacionados

posts recomendados