Fashion Week

O clima apocalíptico da Balenciaga na Paris Fashion Week

Lentes vermelhas e ombros em evidências marcaram um show que fez crítica à situação climática do planeta
Reading time 2 minutes

Balenciaga, a marca de moda de luxo que Demna Gvasalia comanda a direção criativa, é considerada mestre em trazer flutuações inovadoras ao mundo da moda com suas formas extraordinárias, sutilezas de espetáculos e ilusões futuristas.

"O Renascimento dos Planetas" e "Para onde está indo a água?" O imaginário canal BLNCG Live, que compartilha as notícias preocupantes para o futuro com seus títulos, afirmou que a marca tinha uma atitude notável em relação às mudanças climáticas.

Caminhando em uma passarela inundada, modelos traziam peças em couro esculturais e acima deles havia uma iluminação de LED que imitava chuva, fogo e trovão. No show, que consiste em uma encenação dramática, as três primeiras fileiras das arquibancadas foram deixadas vazias para enfatizar as dimensões da ameaça climática.

Na coleção, que redescobriu o fanatismo, o vício e o fetichismo, foram registrados grandes referências à futebol, motocross e hóquei. Cortes mínimos, correntes retro-futuristas e tecidos em camadas adequados para o frio extremo, estavam entre as partes mais importantes do desfile. Ao elevar os ombros ao nível do queixo em jaquetas grandes, Gvasalia dá às silhuetas tradicionais da Balenciaga looks revolucionários com cores neon dos anos 70.

/

Tags

fashion-week
balenciaga

posts relacionados

posts recomendados