Fashion Week

O encontro de Hermès com Mondrian na Semana de Moda de Paris

Sob a direção artística de Nadège Vanhée-Cybulski, a marca lançou uma colorida coleção outono-inverno 2020-21
Reading time 1 minutes

Aprimorados com toques coloridos e gráficos, pilares erguidos como uma floresta moderna na Guarda Republicana, em Paris, intrigaram o público e deram um primeiro indício sobre a coleção que logo em seguida foi revelada. Um equilíbrio sutil entre a pureza do branco e a força dos verdes, vermelhos, azuis e amarelos primários. Uma harmonia de contrastes, que dominou a linha principal do show outono/inverno 2021-21 da Hermès.

Os modelos partem neste desfile desconstruído, brincando ao redor e entre essas barras que incentivam o jogo visual: enquanto eles desfilam, uns são revelados, desaparecem, reaparecem ou se encontram com os outros. Um carrossel rítmico. O imaculado espaço em branco é cheio de vida, acolhendo uma mulher decididamente contemporânea com seu guarda-roupa urbano e funcional.

Inspirado no design - a referência à Mondrian não pode escapar - este novo guarda-roupa se diverte misturando peças do mundo equestre com as de nossas vidas diárias. Jaquetas e saias de couro, bolsos acolchoados, detalhes de alça, blusas coloridas, listras verticais semelhantes à decoração: a coleção é cheia de referências artísticas e é inspirada, também, na herança Hermès.

/
Hermès - Outono/Inverno 2020 - PFW

posts relacionados

posts recomendados