Gastronomia

A hora do mocktail!

Drinques leves - e sem álcool - ganham espaço entre apaixonados por mixologia
Reading time 4 minutes
(Foto: Divulgação)

Na L’Officiel #75 falamos sobre como os drinques sem álcool, os chamados “mocktails”, estão ganhando a cena da mixologia nacional. Por serem, em sua maioria, leves e até mesmo funcionais, caem no gosto de frequentadores de bares que buscam uma vida mais equilibrada e pessoas que gostam de brincar “de bartender” em casa. A tendência é cheia de sabores, cores e tem receitas fáceis de executar.

 

Você pode adquirir a versão impressa da L’Officiel através das bancas de todo o Brasil e também pelas plataformas GoReadClaro Banca e Revistaria S.

Hora do chá

Para fazer um mocktail em casa, a mixologista Paola Menezes sugere o drinque batizado como “Chazinho”, servido no Eugenia Bar e Café, em Pinheiros - São Paulo. Ele é uma mistura de limão com melaço de cana, chá mate e alecrim. Para dar um clima todo especial, sirva o mocktail em taças que seriam usadas para os drinques convencionais. Ao harmonizar, a mixologista vai pelo caminho da ponderação. “Depende do que o coquetel vai acompanhar. Normalmente ofereço coquetéis mais leves, sempre com alguma semelhança ou contraste, com o prato que será servido”, explica.

Cítrico

Para quem gosta de caminhos mais ácidos, o mocktail Fuji Sunset, do restaurante japonês Tadashii, em São Paulo, agrada. Para prepará-lo você vai precisar de 150 ml de suco de tangerina, 50 ml de groselha, 50 ml de leite de coco, 25 ml de suco de limão e 25ml de tônica três limões, da Antártica. Misture todos os ingredientes e sirva em um copo longo.

1601654507938557 mocktail 3
(Foto: Divulgação)

Frutado

Do Piselli, em São Paulo, temos a receita do coquetel de frutas. Para conseguir um bom resultado você precisa misturar xarope de maçã verde, suco de uva, suco de laranja e, para decorar, use casca de laranja e folhas de hortelã. Essa é uma opção mais adocicada. Para servir, misture o suco de laranja e o xarope de maçã verde. Reserve. Na sequência, em uma taça com o fundo mais afunilado, coloque o suco de uva e, lentamente, complete com a mistura feita anteriormente. Decore e aproveite!

Com personalidade

Se você gosta de receitas funcionais, que tal um Bloody Mary com propriedades anti-inflamatórias? Quem enviou a receita foi Patricia Cavalcante, médica nutróloga especialista em medicina preventiva e emagrecimento da Clínica Horaios, de São Paulo.

Para fazer o drinque você vai precisar de 200ml de suco de tomate orgânico e sem adição de açúcar, suco de meio limão, meia colher de chá de molho inglês, meia colher de chá de açafrão, meia colher de chá de sal, meia colher de chá de azeite virgem e pimenta preta fresca, triturada, a gosto. Para enfeitar, coloque no copo, após misturar todos os ingredientes, um palito de aipo ou de cenoura. Finalize com cubos de gelo. 

1601654518625595 mocktail 2
(Foto: Divulgação)

Escapadinha

Se você quer um drinque que contenha álcool, mas que seja de sabor bem suave, que tal aderir ao Jack Apple & Tonic, uma variação com uísque da G&T, drinque que ganhou o Brasil nos últimos dois anos? 

Para criá-lo você vai precisar de 50 ml de Jack Daniel’s Tennessee Apple, 150 ml de água tônica (normal ou diet), 20 ml de suco de limão tahiti, gelo e fatias de maçã ou limão, para decorar. Prepare colocando o gelo em uma taça balão e adicione Jack Apple e o suco de limão. Na sequência, acrescente a água tônica, as fatias de maçã ou limão, mexa um pouco e aproveite! Um detalhe importante: corte a maçã e a deposite no drinque apenas na hora de servir, para evitar que ela escureça, por causa de sua oxidação natural. O visual assim ficará muito mais bonito e fresh!

Tags

drinks

posts relacionados

posts recomendados