Hommes

Celebridades doam cilindros de oxigênio para Manaus

Bruno Gagliasso, Whindersson Nunes e outros artistas nacionais se unem em corrente do bem para minimizar o colapso dos hospitais na capital do Amazonas
Reading time 5 minutes

O humorista Whindersson Nunes anunciou em sua conta no Twitter na noite desta quinta-feira (14) a doação de cilindros de oxigênio para hospitais de Manaus e sugeriu que outros famosos adotassem a mesma atitude. 

O aumento expressivo do número de casos de covid-19 na capital do Amazonas fez com que o estoque de oxigênio se esgotasse e, por consequência, muitos dos pacientes morreram por asfixia. A equipe médica teve de recorrer à ventilação manual para auxiliar os pacientes internados na UTI. 

"Providenciando 20 cilindros de 50 litros de oxigênio para distribuir nas unidades mais urgentes em Manaus! Alô, meus amigos artistas! Na hora de fazer show é tão bom quando o público nos recebe com carinho, né? Vamos retribuir?". Com essa publicação, Whindersson Nunes conseguiu o apoio de outros artistas, como os humoristas Tirullipa e Marcelo Adnet, o apresentador Luciano Huck, a atriz e apresentadora Tata Werneck, os cantores Gusttavo Lima, Tierry, Simone e Marília Mendonça e o jogador de futebol Richarlison

A corrente do bem continua sendo impulsionada pelos famosos que usam suas redes sociais para pedir pelo fornecimento dos cilindros de oxigênio. Para fazer as doações, no entanto, os artistas ainda têm de superar os desafios de logística, como encontrar fornecedores locais ou conseguir transporte dos comprados em outras localidades.

Bruno Gagliasso, também envolvido na campanha, usou sua conta do Twitter para explicar os empecilhos enfrentados até o momento. "Seguinte: não temos como comprar oxigênio em Manaus. Não tem fornecimento. Se alguém ou alguma empresa puder nos ajudar com logística para a compra ser feita em outro estado e enviado para lá, entrem em contato conosco. Tem bastante gente querendo ajudar"- escreveu o ator.

Gagliasso esclareceu que os artistas estão em contato com médicos de Manaus e empresas de aviação, além de terem enviado solicitação para auxílio da FAB na logística, para a qual ainda não houve resposta.

O pedido por ajuda das autoridades foi reforçado por Whindersson Nunes: "Alguma autoridade competente sabe me informar se é possível fretar um avião de carga para transportar cilindros para Manaus? Entre em contato". O humorista disse ter um carinho especial por Manaus, cidade que teria contribuído para sua carreira deslanchar no início. 

As contribuições dos artistas, conforme Whindersson deixou claro, dizem respeito ao valor necessário para a compra dos cilindros: "No Brasil até tentar ajudar é difícil. Eu tenho um carinho especial por Manaus, porque foi uma das primeiras cidades a me dar moral como artista, nunca me esqueço, me ajudou a ser o artista que eu sou hoje, muitas doações no pix para materiais hospitalares, e temos um valor de 150 cilindros de 50L, amanhã atualizo para vocês!"

O youtuber Felipe Neto, outro dos colaboradores, informou que a cantora Maria Gadú e Cristina Tardáguila, estão próximas da superação dos problemas de logística: "Foram horas e horas de conversas e mobilização. A @ctardaguila e a @mariagadu estão perto de conseguir solução pra levar os cilindros de o2 pra Manaus. A situação é de desespero, centenas de pessoas numa fila na rua e cilindros vazios nas mãos, com familiar morrendo em casa" – declarou. 

Whindersson agradeceu pelas doações, cujo valor já ultrapassou a marca de R$340 mil.

Tags

coronavirus
celebridade

posts relacionados

posts recomendados