Hommes

Com prejuízo milionário e queda nas ações, Aston Martin aposta em novo filme de 007

Vivendo um dos piores momentos da sua história, uma das montadoras mais luxuosas do mundo aposta na ação comercial histórica com o agente secreto para revitalizar sua imagem, vendas e números.
Reading time 2 minutes

Pelo visto a crise financeira mundial pegou de jeito a icônica montadora Aston Martin. A marca, que já foi considerada uma das mais lucrativas no mercado de luxo, está vivendo seu pior período econômico. A empresa britânica em seus últimos levantamentos financeiros apresentou um prejuízo de £ 13,5 milhões, algo em torno de R$ 72,6 milhões, no terceiro trimestre deste ano. Segundo executivos da corporação o fato se deu por conta da desaceleração da economia mundial em 2019.

A corporação também estreou recentemente na bolsa de valores e não obteve bons resultados. As ações da Aston Martin caíram 75%, uma queda vertiginosa e não esperada pelos especialistas. Porém, existe uma esperança ainda e que só o agente secreto mais famoso do mundo pode resolver. 

No próximo filme da franquia 007,  vigésimo quinto filme do agente na história, quatro modelos da Aston Martin (DB5, DBS, V8 e Valhalla) foram usados. A esperança da montadora foi apostar grande parte de suas fichas nessa mega ação de marketing, visando que a marca tenha uma boa valorização no mercado e assim retome seus dias de glórias. 

A marca acredita no histórico da parceria com os filmes de 007,  por já ter visto suas vendas aumentarem consideravelmente por conta da colaboração. A montadora deverá finalizar 2019 com receitas acima de de £ 1 bilhão (R$ 5,4 bilhões) e um prejuízo um pouco menor do que o teve em 2018, de £ 57,1 milhões (R$ 307,2 milhões).

posts relacionados

posts recomendados