Hommes

Tecnologia aos carros: Apple quer produzir automóveis até 2024

O diferencial da Apple seria um novo design de bateria com custo reduzido, de modo a aumentar o alcance do automóvel.
Reading time 4 minutes

O avanço tecnológico promovido pela Apple agora tem uma nova meta – a de produzir até 2024 um veículo de passageiros com tecnologia de bateria própria e inovadora. O projeto, nomeado de Titan, de criar seu próprio veículo teve início em 2014 e passou por altos e baixos, ganhando novas forças em 2018, com a volta de Doug Field à Apple.

De acordo com duas pessoas da equipe que preferem manter a identidade sob sigilo, visto que os planos da fabricante do Iphone ainda não se tornaram públicos, sob a supervisão de Field houve um avanço em direção ao objetivo de lançar um veículo para os consumidores. No setor, a Apple enfrenta a rivalidade da Waymo, unidade de direção autônoma da Alphabet Inc, que lançou um serviço de carros totalmente autônomos, isto é, que dispensam a necessidade de um motorista humano.

O diferencial da Apple seria um novo design de bateria com custo reduzido, de modo a aumentar o alcance do automóvel, conforme relata uma terceira pessoa que teve acesso ao design da bateria da empresa. A multinacional se recusou a falar sobre suas metas e próximos produtos a serem lançados. 

Embora a empresa tenha mais que consideráveis recursos financeiros, a fabricação de um veículo representa um desafio, uma vez que, como se pode notar pelo exemplo do Tesla de Elon Musk, levam-se anos até que o carro tenha seu lucro sustentado. Para cumprir seu objetivo, fontes dizem esperar por uma parceria entre a Apple e uma fabricante de veículos. Há também a chance de que a empresa concentre seus esforços na produção de um sistema de direção autônomo integrado a um carro feito por uma montadora tradicional.

Pessoas que estão a par dos planos da empresa afirmam que a Apple optou por recorrer a parcerias para obter elementos do sistema no qual se incluem os sensores LIDAR (Light Detection and Ranging), capazes de fornecer uma visão tridimensional da estrada. Tais sensores podem derivar de unidades LIDAR já desenvolvidas pela Apple – cabe lembrar que os modelos Iphone 12 Pro e iPad Pro lançados este ano já contam com essa tecnologia. Sobre isso, a Reuters afirmou que a Apple conversou com potenciais fornecedores de LIDAR, mas também cogita a construção de seu próprio sensor. 

A bateria do carro contaria com design “monocell”, ampliando as células individuais da bateria e liberando espaço dentro dela. Dessa forma, mais material ativo pode ser introduzido na bateria, de modo a possibilitar maior alcance do carro. Conforme a fonte, a bateria da Apple elevaria a tecnologia a outro nível, assim como ocorreu com o lançamento do Iphone. 

Os investidores da Apple ainda estão cautelosos quanto a esses planos. Para Trip Miller, sócio-gerente de Gullane Capital Partners (investidor da Apple), produzir grandes volumes de carros pode ser complicado para a empresa. Hal Eddins, economista-chefe do Conselho de Investimento de Capital do acionista da Apple, também pondera que, embora a multinacional tenha um histórico de margens mais altas do que a maioria das montadoras, não enxerga um apelo do negócio de automóveis. Entretanto, Eddins não descarta a possibilidade de que a Apple tenha uma diferente perspectiva sobre o negócio.

 

Tags

tecnologia
carro
sustentabilidade

posts relacionados

posts recomendados