Hommes

José Loreto em entrevista exclusiva para a L'Officiel Hommes Brasil

Com estreias previstas para este ano, José Loreto nos conta tudo em um bate-papo descontraído. Confira!
Reading time 5 minutes
Fotos: Priscila Nicheli

Nascido em Niterói no dia 27 de maio de 1984, José Loreto tem carisma e talento que fazem jus ao peso de uma personalidade estampada na mídia há anos e uma carreira de sucesso. 

Porém, antes de sua realização profissional, percorreu um longo caminho. Com apenas 18 anos se mudou para Los Angeles, onde trabalhou como segurança de celebridades, como Stevie Wonder e Gisele Bündchen, e, só em 2005, quando voltou a morar no Brasil, investiu certeiramente em sua carreira artística. Colocando em prática tudo o que havia aprendido no curso de artes cênicas, no mesmo ano conquistou seu primeiro trabalho na TV, em Malhação. Logo em seguida, migrou para a Rede Record, atuando na trama "Mutantes".

1619285410142419  mg 2958
Fotos: Priscila Nicheli

De volta para a Rede Globo, em 2012 se destacou como 'Darkson' na produção de sucesso "Avenida Brasil", contracenando ao lado de Murilo Benício e Adriana Esteves. Em 2013 marcou presença em "Flor do Caribe", reprisada há pouco pela emissora, e em "Boogie Oogie", em 2014. Logo em seguida integrou o elenco fixo do programa "Amor & Sexo", comandado por Fernanda Lima. Tempo depois, deu vida a Júnior, na novela "O Sétimo Guardião" e, já em 2019, marcou presença na série "Carcereiros". Nas telonas, depois de interpretar José Aldo no longa-metragem “Mais Forte Que O Mundo”, o ator já tem três estreias previstas para este ano, o longa “Pacificado” — ganhador prêmios internacionais — , “A Cerca” e “Abestalhados 2”. 

Aumentando sua bagagem profissional, Loreto se prepara para protagonizar mais dois filmes biográficos e nos conta tudo em um bate-papo exclusivo. Confira!

1619285434281683  mg 2979
Fotos: Priscila Nicheli

1 - Quais são as principais diferenças do José Loreto de 2019 para 2021? 

São inúmeras diferenças... Impossível listar todas! Muita coisa aconteceu e a vida mudou muito de lá pra cá. Me vejo com uma consciência maior para as delicadezas importantes da vida, para o que realmente importa e faz a diferença. 

2 - A pandemia fez com que olhássemos para tudo a nossa volta de uma forma diferente. Qual impacto toda essa transformação irá trazer na sua forma de viver e ver o mundo? 

A pandemia tem sido uma roleta russa e isso fez com que eu olhasse para tudo e todos de uma forma diferente, principalmente para as pessoas que eu amo. A atenção, o afeto e o amor ganharam mais valor. Ao mesmo tempo, tudo o que era mais superficial perdeu a importância.

3 - A televisão aberta vem passando por uma série de transformações. Como ator, como você enxerga esses desdobramentos, flexibilizações e novos formatos?

 

Acho importantíssimo! O mercado aquece e faz com que mais oportunidades e mais qualidade se tornem necessárias em todos os setores artísticos.

1619285520870081  mg 2982
Fotos: Priscila Nicheli

4 - Você está há muitos anos no cenário cultural, na sua opinião quais os maiores desafios de atuar no Brasil? Já pensou em apostar em uma carreira internacional como ator? 

Acho que o maior desafio é conseguir uma oportunidade. Existem muitos atores e poucos tem a chance de terem visibilidade. Essa escassez de oportunidades também faz com que sejamos mais dedicados e tenhamos que aprender a nos produzir para trabalharmos. Tudo tem dois lados. Sobre o mercado internacional, como vivemos em um mundo super globalizado e digital, sim, tenho muita vontade de atravessar fronteiras com minha arte, mas tudo na hora certa.

5 - Como é a sua relação com a Bella e como a paternidade te transformou nesses anos? 

A paternidade foi a maior e melhor mudança da minha vida. E nada se iguala a isso. Desde que a Bella nasceu, meu mundo ganhou outros significados. Ser o pai dela é uma bênção! Aprendo todos os dias a dar importância para as coisas que realmente são importantes. Nos educamos e nos amamos todos os dias. E isso é mágico demais!

6 - Vivemos em um país com diversas calamidades sociais e politicas, e em um mundo ainda muito machista. Como é criar uma filha nesse cenário? 

Muito atento. Ela chegou nesse mundo sem nossos medos, sem preconceitos e sem olhar o outro com diferença. Quero que as boas referências de amor, de respeito, de igualdade e de proteção sejam um espelho para ela. A educação está nos detalhes, em cada segundo.

1619285588750396  mg 2986
Fotos: Priscila Nicheli

7 - Você pretende casar e ter mais filhos? 

Sim, tenho vontade, mas não penso nisso por agora.

8 - Quais são seus projetos para 2021 e o que pretende fazer após o fim da pandemia? 

Estarei em dois filmes muito importantes e que pretendo dar o meu melhor. Dois deles são “Meu Sangue Ferve Por Você”, onde irei interpretar o Sidney Magal, e o outro será sobre a vida do Casagrande, que conta a história do jogador.

1619285644593469  mg 3011
Fotos: Priscila Nicheli

Tags

entrevista
hommes
celebridade

posts relacionados

posts recomendados