Hommes

Paul McCartney exige o fim de carne em refeições nas escolas do Reino Unido

“Ninguém precisa de comer carne, então não deveria ser obrigado a servir carne nas escolas"
Reading time 2 minutes

Paul McCartney, vegetariano desde 1975, enviou uma carta aberta para o governo britânico solicitando o fim de uma lei do país que exige que nas refeições escolares sejam servidas carnes. Aos 78 anos, Paul expôs sua opinião ao divulgar um breve comunicado  afirmando seu partidário a uma campanha do PETA em defesa dos animais. 

“Ninguém precisa comer carne, então não deveria ser obrigado a servir carne nas escolas. É a hora de revisitar as regras de alimentação em escolas para ajudar o planeta, proteger animais e promover uma alimentação saudável”, diz o texto assinado pelo ex beatle e suas filhas Mary e Stella

O texto do artista foi enviado junto com a carta aberta do PETA para Gavin Williamson, secretário de educação do Reino Unido. Os documentos destacam uma importante pesquisa realizada em 2019 onde foi constatado que 70% das crianças britânicas gostariam de se alimentar em suas refeições nas escolas com mais alimentos veganos

 

Paul e a esposa Linda McCartney possuem uma empresa de alimentos vegetarianos desde de 1991. O astro é tão criterioso que no começo desse ano afirmou que sempre confere se a personagem Lisa, de ‘Os Simpsons’, continua vegetariana após sua exigência para  participação no desenho animado em 1995.

Tags

art
music
wellness

posts relacionados

posts recomendados