Moda

A pergunta que todos na moda estão se fazendo nesta semana

Fashion Revolution: #WhoMadeMyClothes
Reading time 2 minutes

Estamos muito familiarizados com perguntas do tipo “Da onde é sua roupa?” ou “Aonde você comprou?”, quando se trata de referências de moda. Mas especialmente nesta semana, uma campanha criada pela Fashion Revolution, organização sem fins lucrativos, está abrindo o olho de muitas pessoas ao instigar os amantes de moda a mudarem a frase para: “Quem fez sua roupa?”.

A semana fashion Revolution Week (23 a 29 de abril), marca o aniversário de cinco anos desde a tragédia da fábrica de roupas em Rana Plaza, Bangladesh, que tirou a vida de 1.133 trabalhadores em condições desumanas e deixou mais 2.500 feridos.

De fato o evento não deixou o mundo indiferente, dando início ao movimento #fashionrevolution, hoje presente em 100 países.

O movimento se originou na Grã-Bretanha ao comando de Carry Somers e Orsola de Castro, pioneiros do comércio justo.

Em Milão, o principal evento da Fashion Revolution Itália será realizado no dia 8 de maio, no último andar do Superstudio, em parceria com a Fondazione Pistoletto.

O objetivo da noite, é oferecer uma visão completa sobre o impacto da moda no meio ambiente e nas pessoas, e deixar os convidados descobrirem algumas alternativas possíveis ao status quo. São quatro as áreas que serão exploradas: inovação, educação, informação e moda social.

É comum sentir-se muito distante de quem exatamente é responsável pelas roupas que usamos. Mas não deveria ser. Portanto o site Fashion Revolution tem um propósito nobre de incentivar os consumidores a alcançar as marcas e designers que eles amam diretamente. "Quando você procura, eles ouvem", diz o site.

Quem fez minhas roupas? #whomademyclothes ?

É uma pergunta simples, que no ano passado teve mais de 156 milhões de impressões nas mídias sociais, mas que exige respostas múltiplas e complexas.

Assista ao vídeo da campanha:

Who Made My Clothes?

Tags

posts relacionados

posts recomendados