Moda

Beyoncé compra sua marca de volta após acusações de assédio

Ivy Park, linha de roupas de ginástica de Beyoncé, não vai ser mais vendida nas lojas da Topshop após presidente ser acusado de assédio. Entenda o caso:
Reading time 2 minutes

Como já havíamos reportado, Sir Philip Green, presidente da Topshop, é acusado de assédio sexual e de racismo por funcionários.

Segundo o portal Telegraph, o empresário já vinha sofrendo processos por parte dos membros da marca, mas seu nome foi mantido em segredo até agora, quando foi negado o pedido de sigilo para que futuros profissionais não sofressem a mesma situação de racismo e bullying no futuro.

 

A decisão de divulgar o ocorrido foi fortalecida ainda porque foi provado que estes abusos continuaram a se repetir mesmo após o início das acusações. Green foi acusado por um membro do parlamento britânico e conseguiu um mandado judicial para proibir os veículos de mídia de falar sobre as alegações.

 

E agora, Beyoncé também toma medidas sobre os acontecimentos. Ivy Park, sua linha de roupas de ginástica, é vendida nas lojas da Topshop e Green tinha 50% das ações da grife.

 

Segundo a BBC, a cantora acaba de comprar de volta a parte do empresário, sendo Parkwood (produtora de Bey) donas de 100% das ações.

 

A artista é conhecida pela música e por seu trabalho social – ativista dos direitos das mulheres e dos negros.

sss

posts relacionados

posts recomendados