Moda

E quem NÃO vestiu preto no Golden Globes 2018?

Uma vasta lista de mulheres cruzaram o tapete vermelho com suas produções de grifes como Valentino, Gucci e Prada - todas em preto. Mas algumas delas decidiram não fazê-lo. Entenda o caso:
Reading time 2 minutes

Durante a 75ª cerimônia do Golden Globe Awards, que aconteceu na noite do último domingo, 07.01, todas as atrizes, modelos e celebridades de Hollywood vestiram preto. A escolha da cor foi além de modismos ou para afinar a silhueta: a cor preta representa um protesto ao assédio na indústria do cinema e as disparidades de salários entre homens e mulheres no ramo. 

Diane Kruger, Viola Davis, Kendall Jenner, Dakota Johnson e uma lista vasta de mulheres cruzaram o tapete vermelho com suas produções de grifes como Valentino, Gucci e Prada - todas em preto. Mas algumas delas decidiram não fazê-lo.

Sim, e cada uma, ao serem questionadas, tinham sua própria razão: 

A modelo Barbara Meyer usou um vestido em tons pastel e strass.

"Nós não precisamos usar preto para sermos levadas a sério. As mulheres americanas devem brilhar, brilhar e nadar em cores vivas. É inerente a nós por natureza ", afirmou Meyer. 

Blanca Blanco, que usou um vestido vermelho afirmou:

"Eu amo vermelho. Vestir essa cor não significa que sou contra o movimento #TimesUp. Eu aplaudo e estou ao lado das corajosas atrizes que continuam a quebrar o ciclo de abuso através de suas ações e escolhas de estilo", disse Blanca. 

A presidente da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, Meher Tatna, que nasceu e cresceu na Índia, explicou sua escolha a favor de um vestido vermelho e laranja.

Na sua pátria não é culturalmente aceito vestirem preto. No entanto, ela repetidamente afirmou durante a noite que simpatiza com as vítimas de violência e compartilha o desejo de igualmente entre os gêneros, carregando, inclusive, o bottom com o logo do movimento Time's Up.

posts relacionados

posts recomendados