Moda

Modelo da Victoria's Secret acusa estilista de racismo; entenda a história

Leomie Anderson desabafou sobre o episódio em sua conta no Twitter.
Reading time 1 minutes

A vida de uma modelo durante as semanas de moda se dividem na correria de desfiles e fittings. E foi em um desses momentos de prova de roupa, na Semana de Moda de Londres, que Leomie Anderson afirmou ter passado por um episódio racista.

Sem revelar a identidade do estilista, a top publicou em sua conta no Twitter o ocorrido, em que dá a entender que foi vítima de racismo. "Não acredito que eu fui a um fitting às 8h40 da manhã, fui colocada em uma fila com 6 meninas brancas, assisti os seus looks serem selecionados e depois me falaram: ele não consegue achar nada para você, pode ir embora”, desabafou.

Na noite de ontem, a modelo ainda participou do programa Woman’s Hour, da BBC e falou mais sobre o episódio. "Eu estava esperando (a prova de roupas) como todo mundo. Fui a primeira a chegar, mas também fui a primeira a ser mandada embora”, contou.

Na London Fashion Week, Leomie participou de desfiles como Emporio Armani e Ashish, na NYFW foi escalada para Philipp Plein e Jeremy Scott e ainda selecionada para o disputado Victoria’s Secret Fashion Show, que acontece em Xangai, no dia 28 de novembro.

Fotos: reprodução/Instagram

posts relacionados

posts recomendados