Pop culture

Brigitte Bardot causa polêmica ao criticar o movimento #MeToo

por L'Officiel Brasil
18.01.2018
A atriz francesa chamou de "hipócritas, ridículas e chatas" as mulheres que estão denunciando seus agressores. Entenda o caso aqui:

A atriz francesa Brigitte Bardot causou polêmica ao expressar suas opiniões sobre os últimos acontecimentos em Hollywood e o movimento #MeToo, que se opõe ao assédio sexual na indústria.

 

Em uma entrevista para uma revista francesa, a estrela do cinema dos anos 50 e 60 foi questionada sobre o que ela achava das recentes denúncias e disse: "Na maioria dos casos estas mulheres estão sendo hipócritas, ridículas e chatas".

 

A atriz de 83 anos continuou: "Tem muitas atrizes que flertam com os produtores para conseguir um papel. Agora, para estarem na mídia, elas ficam dizendo que foram assediadas. Na realidade, isso as faz sofrer mais do que as beneficia".

Brigitte Bardot confessou que ela adorava a arenção que recebia quando era mais jovem e trabalhava na indústria do cinema. 


"Eu nunca fui vítima de assédio sexual e inclusive achava charmoso quando era chamada de linda ou que tinha um bumbum bonito. Esse tipo de elogio é legal". 

 

A polêmica surge após uma carta aberta contra as recentes alegações de assédio e que foi assinada por 100 famosas mulheres francesas. Uma delas, Catherine Deneuve, pediu desculpas em seguida e se retratou com as vítimas. 

compartilhar

posts relacionados

posts recomendados