Pop culture

Eita: Jennifer Garner pediu para diretor não demitir Ben Affleck

O ator estava passando por dificuldades por conta do alcoolismo
Reading time 2 minutes
Foto: reprodução/instagram @jennifer.garner

O novo filme de Ben Affleck, "The Way Back", teve um apoio enorme de uma pessoa: sua ex-esposa Jennifer Garner

O diretor do filme, Gavin O’Connor, falou com a 34th Street Magazine, uma publicação estudantil da Universidade da Pensilvânia, sobre a influência da atriz no filme depois que Ben, de 47 anos, teve uma recaída.

 

 

"Então, o que aconteceu foi que, assim que começamos a preparar o filme, Ben perdeu o rumo", disse O'Connor à publicação. "Então ele acabou indo para a reabilitação, e eu não sabia se o filme havia terminado. O estúdio certamente pensou que o filme havia terminado. ” 

Mas Jennifer, também com 47 anos, interveio para garantir que o filme fosse adiante. 

"Sua ex-esposa Jennifer Garner me ligou e me disse que quando ele foi para a reabilitação, ele levou uma bola de basquete com ele", disse O'Connor. "Ela disse: 'Gavin, ele está perguntando, por favor, não acaba com o filme, ele realmente quer fazer isso.'"

 

 

O'Connor disse que Affleck "teve cerca de uma semana de desintoxicação"  antes de poder se encontrar com o ator para discutir o filme e seu futuro. 

"Passamos meio dia juntos e descobrimos uma maneira de fazer isso que funcione para ele, porque o mais importante era que ele precisava se recuperar", disse O'Connor. “Isso ultrapassou tudo. E então ele saiu um dia antes de começarmos a filmar. Então, tivemos um cara muito cru e vulnerável aparecendo no nosso primeiro dia de filmagem. ” O filme está previsto para entrar em cartaz no Brasil em abril.

 

Tags

ben-affleck
jennifer-garner

posts relacionados

posts recomendados