Megan Markle violou o protocolo real ao dar sua opinião sobre o aborto
Pop culture

Megan Markle violou o protocolo real ao dar sua opinião sobre o aborto

A duquesa de Sussex tocou no assunto durante visita à Irlanda.
Reading time 2 minutes

A primeira visita oficial de Meghan Markle à Irlanda como a duquesa de Sussex já deu o que falar. E não foi apenas pelo fato de que ela trocou de roupa três vezes só no primeiro dia, mas sim por ter tocado em um assunto delicado ao mencionar o referendo que ocorreu no país no último mês de maio. 

 

Na Irlanda, o aborto era proibido desde 1983, quando foi aprovada uma emenda na Constituição do país que assegurava que os direitos do feto e da mãe eram iguais. Exceções aconteciam apenas quando a gravidez causava perigos à vida da mãe, e assim o aborto era aprovado. Agora, no referendo de 2018, quase 70% dos cidadãos irlandeses votaram pela abolição desta emenda. 

 

 

"Megan e eu discutimos o referendo. Ela tinha muito interesse no assunto e ficou safisfeita com o resultado", escreveu a senadora irlandesa Kathryn Nun em sua conta no Twitter após se encontrar com a duquesa. O problema é que os membros da família real não podem falar sobre questões políticas nem emitir opiniões pessoais sobre o assunto. Alguns minutos depois, Kathryn deletou o tweet.

 

 

posts relacionados

posts recomendados