Pop culture

Por que Amber Heard perdeu a simpatia do público no caso judicial contra Johnny Depp?

Parece que a população ainda tem certos preconceitos para superar
Reading time 3 minutes
Foto: reprodução/instagram

O tratamento público negativo de Amber Heard quando ela se posicionou contra o abuso doméstico de Johnny Depp é prova dos preconceitos que ainda existem sobre o tipo de mulher que merece proteção legal, diz Helena Kennedy QC. A advogado conheceu a atriz durante o período de julgamento.

Amber foi submetida a ameaças de morte e ataques misóginos nas redes sociais durante o julgamento em julho. Johnny Depp perdeu uma batalha legal com o "The Sun", depois que o tablóide o chamou de "espancador de mulheres" em 2018. Na segunda-feira, 2 de novembro, um tribunal considerou que a publicação tinha justificativa para usar o termo dado às evidências.

 

 

1604523548936067 1594152914925190 image 6
Foto: reprodução

“Ainda existem esses mitos generalizados sobre o tipo de mulher que merece a proteção da lei”, disse Helena Kennedy ao The Guardian. “Mulheres agredidas precisam [parecer] humildes e subservientes para receber nossa simpatia."

“Eu representei mulheres que agüentaram isso, mas quando resistem, de alguma forma, perdem o direito à compaixão. Não há dúvida de que Amber Heard resistiu"
Kennedy conheceu Heard em um jantar na casa da romancista Kathy Lette em julho. A advogada de Heard, Jennifer Robinson, que também foi convidada, perguntou se ela poderia trazer sua cliente porque estava se sentindo "muito deprimida".

"Ela havia recebido ameaças durante toda a audiência e esse era um dos motivos pelos quais se sentia mal", disse Kennedy. "Essa é outra coisa com a qual as mulheres precisam lutar, a misoginia dos ataques online."

Johnny Depp continuou recebendo apoio tanto do público quanto de celebridades, incluindo JK Rowling, Vanessa Paradis e Javier Bardem, apesar das alegações de abuso de Heard.

Tags

johnny-depp
amber-heard

posts relacionados

posts recomendados