Cultura

Realeza Britânica de volta a Cuba depois de 60 anos

Nenhum membro da família real inglesa visitava a ilha desde a revolução de Fidel Castro. Sessenta anos depois, Charles e Camila estão, desde ontem, confirmadamente de volta ao país em visita real. Os motivos? Entenda abaixo.
Reading time 4 minutes

Desde que Fidel Castro estabeleceu em 1959 na ilha de Cuba o seu regime comunista, nenhum membro da realeza inglesa foi autorizado a se dirigir para o local. Mas depois de sessenta anos, parece que este afastamento chegou ao fim com a confirmação da notícia de que Charles e Letícia estão em visita oficial ao país desde ontem, 24/03. 

Desde Novembro já era especulado que os dois quebrariam esta tradição a partir de uma ligação feita do "Presidente da República de Cuba ao Príncipe de Wales na Clarence House", segundo o Telegraph. 

Recentemente, portanto, o rumor foi confirmado pela própria Clarence House que anunciou a viagem para a ilha como parte do tour pelo Caribe que o casal estaria realizando do dia 24/03 até o dia 27/03. O anúncio marca a primeira "visita oficial" de um membro da família real inglesa ao país depois de tantos anos e embora possa significar alguma coisa em termos políticos, ainda pouco se sabe sobre a decisão real. 

De acordo com o website do próprio Principe, "a visita será feita para enaltecer a relação bilateral crescente com o Reino Unido, bem como para demonstrar alguns dos laços culturais entre os dois países."

Viagens para fora de UK e da Europa como estas são em geral planejadas pelo escritório de Relações Internacionais e buscam sempre, de alguma forma, exercer "soft power" (em tradução livre, "poder suave/poder brando"), como o Telegraph explica. 

Fato é que nenhum Primeiro Ministro britânico visitou a Cuba pós revolucionária, mas desde que Barack Obama fez sua viagem histórica para a ilha a fim de estabelecer relações pautadas em novos limites entre EUA o país, parece que o Reino Unido quis experimentar o mesmo. 

Sobre os compromissos que o casal Charles e Camila participarão, variam entre um jantar oficial com o presidente até a visita a um estúdio de música cubana. De acordo com a mesma publicação inglesa, tudo foi organizado de maneira que "explorem temas chave como a arte, o empreendedorismo jovem, a restoração de patrimônio cubano e a agricultura sustentável, por exemplo".

1553526721586865 charles
Foto: Getty Images.

posts relacionados

posts recomendados