Tudo que você precisa saber sobre a filha de Donald Trump
Cultura

Tudo que você precisa saber sobre a filha de Donald Trump

Ivanka Trump vai muito além do título “filha do presidente” dos Estados Unidos
Reading time 4 minutes

A jovem já nasceu no centro das atenções, é a segunda filha mais velha entre os cinco filhos do polêmico Donald Trump – sendo a primeira mulher - e de acordo com os insiders, a mais “queridinha” do papai.

Fruto do casamento de Donald com Ivana Trump, nasceu em 1981 em Manhattan.

Desde que consegue se lembrar como “gente”, Ivanka diz que seus pais estavam em todos os tabloides que ela conseguia se lembrar. “Quando tinha 9 anos, lembro-me que frequentemente tinha fotógrafos na porta da minha escola me fazendo perguntas do tipo: “Então é verdade que Marta Maples disse que foi com o seu pai o melhor sexo que ela já teve?”.

Marta Maples foi a esposa seguinte do atual presidente dos Estados Unidos, após se separar de sua mãe, quando Ivanka tinha 10 anos.

Aos 15 anos, ela tentou carreira de modelo, aparecendo na capa da Seventeen, em campanha publicitária da Tommy Hilfiger e até mesmo desfilou para Versace e Thierry Mugler.

De acordo com The Guardian, ela deixou de modelar depois do colegial e chegou a dizer que as modelos eram "as garotas mais malvadas e mais safadas do planeta".

Freqüentou a Universidade de Georgetown por dois anos, e depois foi transferida para a Universidade da Pensilvânia (uma das melhores dos Estados Unidos), onde se graduou em economia em 2004.

 

Logo depois se juntou aos negócios da família e nunca mais olhou para trás. De 2006 até que seu pai anunciou sua candidatura à presidência, ela também foi jurada em Celebrity Apprentice.

Junto com seus irmãos, Eric e Donald Jr., Ivanka atuou como vice-presidente executiva de desenvolvimento e aquisição da Trump Organization. Segundo o site Trump, algumas de suas principais tarefas incluíam expandir a marca Trump Hotel internacionalmente, determinar o design de interiores dos hotéis e supervisionar a corretagem imobiliária internacional.

Preocupada em desvincular o título de “filha do Trump”, Ivanka também ergueu vários negócios próprios. Ela tem suas próprias linhas de roupas, sapatos, bolsas, sapatos infantis, óculos e jóias, e seu blog de LifeStyle.

Em 2014, ela iniciou o projeto #WomenWhoWork, publicando em seu site artigos sobre consultoria de carreira, moda e vida especificamente voltados para mulheres que desejam subir na escada corporativa.

/

 "Não importa o que eu ouço sobre meus pais, sobre minha família, não importa o que eu leia, o fato é que estou absolutamente orgulhosa de ser uma Trump", disse ela. "Por um tempo eu fiquei preocupada que, por toda a minha vida, eu estaria meio que sob a sombra dos meus pais, mas tudo bem porque não é uma sombra ruim." 

Em 29 de março de 2017, Ivanka assumiu um cargo oficial no governo de seu pai como assistente especial não remunerado do presidente, segundo o New York Times.

 

Os assessores da Casa Branca supostamente têm um apelido mesquinho para ela. De acordo com uma história da Vanity Fair, os ajudantes de Ivanka na Casa Branca a chamam de “princesa real” pelas costas. Depois que ela ocupou brevemente o lugar do Presidente Trump em uma mesa de conferência com líderes mundiais na cúpula do G-20 em julho, muitos ficaram horrorizados, apontando que ninguém a elegeu.

posts relacionados

posts recomendados